De que está à procura ?

Luxemburgo

Mais uma portuguesa morta com violência no Luxemburgo

Em apenas dois meses duas portuguesas foram mortas no Luxemburgo e os seus corpos encontrados desmembrados pelas autoridades. Mais uma macabra coincidência: ambas se chamam Diana.

Depois de Diana Santos ter sido dada como desaparecida e os seus restos mortais terem sido encontrados pelas autoridades nas zonas fronteiriças do grão-ducado, desta vez um terrível e similar fim esperava Diana Martins Cachapa, uma portuguesa de 32 anos.

O corpo de Diana Martins Cachapa foi encontrado já sem vida na quinta-feira, num apartamento no bairro de Bonnevoie, na capital luxemburguesa, onde um homem de 27 anos terá sido vítima de ataque com arma branca, o que levou à intervenção da polícia.

Depois de uma operação que envolveu um vasto dispositivo policial, foi detido o suspeito do ataque, um homem de 45 anos. As buscas efetuadas no apartamento levaram à descoberta do corpo de Diana Cachapa.

O homem foi preso, interrogado e acusado de, entre outras coisas, assassinato, homicídio e tentativa de homicídio, disse o procurador na sexta-feira.

As autoridades revelaram ainda que a investigação está em curso e que há muitas questões relativas ao crime. Segundo as informações fornecidas a portuguesa não tinha nenhuma relação de parentesco com o suspeito.

TÓPICOS