De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

O surpreendente percurso internacional de Ana Laíns

Ao longo de duas décadas, a fadista Ana Laíns tem construído uma carreira discreta brilhante fora de Portugal.

Na Grécia Chamaram-lhe “diva de um fado diferente”. Em Portugal, gosta de ser conhecida como “Cantora Colorida” e é considerada uma das mais bonitas vozes da língua portuguesa. Colorida pelas cores de um país que é a sua grande paixão, e que pintam a música de Ana Laíns desde 1999, ano em que se tornou cantora profissional, após ter vencido a “Grande Noite do Fado” de Lisboa no Coliseu dos Recreios.

Ana Laíns começa no fado e nos ritmos da música tradicional portuguesa, mas vai mais além. E em 2006, com o álbum de estreia “Sentidos”, é considerada uma das grandes revelações do ano na música portuguesa. A revista “Songlines” salientou, nesse ano, o exercício absolutamente contemporâneo de Ana Laíns no fado.

Em 2014, a artista é nomeada “Embaixadora das Comemorações dos 8 séculos de Língua Portuguesa”, e a efeméride tem o seu ponto alto no concerto de encerramento produzido pela cantora, e que esgotou o grande auditório do Centro Cultural de Belém.

No final de 2017 surge “Portucalis”, o disco que já valeu à cantora a nomeações nas categorias para “Melhor Cantora portuguesa 2017”, “Melhor Canção 2017” e “Melhor Concerto 2017″, e que foi recentemente considerado um dos 10 melhores álbuns do ano pela imprensa sueca e espanhola.

Na Holanda, a Mixed World Music referiu-se à cantora enquanto personificação da identidade portuguesa.

Ana Laíns está neste momento a apresentar o seu espetáculo que comemora 20 anos de uma carreira cheia êxitos e atuações nos mais referenciados festivais em Portugal e por todo o mundo.