De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Colunistas

Meu amigo

Meu amigo é neste nosso cantinho que eu vivo
O mundo é pequeno, mas a poesia enorme
Não me iludo, sou simples mas não estou cativo
Quisera mesmo viver eternamente sem nome.

Por isso eu canto e procuro te consultar
Também és feliz neste nosso cantinho?
Eu continuo como sempre afirmar
Existe mais felicidade dar do que receber miminho!

Aqui por nós eu canto por vezes o nosso pranto
E respiro ares da serra sem qualquer limite
Por nós eu escrevo diariamente e canto
O que o meu estado de espírito me permite!

Por ti eu declamo em qualquer deserto
Seja na Cidade, no Vouga, ou na Coelheira
E luto contra a iliteracia que por certo
Pode nos atingir: MAS DE QUE MANEIRA !

José Valgode

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.