De que está à procura ?

Mundo

Incêndios: Matosinhos é exemplo para as Nações Unidas

© DR

A cidade de Matosinhos acaba de ser reconhecida pelas Nações Unidas por suas estratégias pioneiras para reduzir incêndios florestais.  

No evento, também a província de Potenza, na Itália, recebeu o título de “Centro da Resiliência na Europa”.

A representante especial do secretário-geral da ONU para Redução de Riscos de Desastre, Mami Mizutori, disse que “os esforços de Matosinhos e de Potenza são uma inspiração.” 

Para Mizutori, os “líderes no mundo deveriam repensar a maneira como previnem e gerem desastres e precisam de reconhecer que reduzir riscos é um investimento, não um custo”.  

A presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, declarou que acredita no “poder do apoio positivo e na valorização da prevenção, da autoproteção e da resiliência da população.” 

Segundo a ONU, Matosinhos é a primeira cidade em Portugal a receber o título de Centro de Resiliência na Europa e o reconhecimento surge pelas várias iniciativas locais para minimizar a gravidade de desastres naturais. 

A estratégia de 10 anos “Zero Incêndios”, por exemplo, já deu resultados: Matosinhos registou 24 incêndios florestais no ano passado, em comparação com 108 casos em 2015. 

A cidade portuguesa também realizou mais de 3 mil campanhas de informação entre 2009 e 2019. No ano passado, o município lançou a iniciativa Matosinhos Casa Segura, onde as pessoas podem aprender, por meio de simulações, riscos de incêndio que surgem com a rotina. 

O município também está na fase inicial de colaboração e troca de experiências com cidades no Brasil e também com Díli, capital de Timor-Leste.  

TÓPICOS