De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Colunistas

Sente só…

Não sei se o que sinto me guiará ao caminho certo

Nem sei tão pouco se o caminho me quer por perto

 

Tanto sinto o dançar como o cantar do vento

Dizendo ora vai ora fica, nem que seja por um momento

 

Em dança de movimentos de pura e louca intuição

Não sei se me ouço ou deixo para trás a pesada razão

 

E nesta partida com luta de jogo em xadrez

Que sejam soltas as amarras dos pés de vez

 

Ganhando asas em voo de destemido destino de verdade

Que se beije e toquem docemente os laços de amizade

 

Voando ganhando o que nunca se perdeu

Encontrando o que nunca tiveste e sempre foi teu…

 

E que se toque a verdade da tua existência

Nesta procura de chegar para lá da transparência…

 

PP_23 07 2021

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.