De que está à procura ?

Colunistas

Quem se atreve?

Homem e poeta quase que anónimo escreve
Quem dará um coração entendido a tanta gente
Quem se atreve a dizer ao orgulhoso já basta, quem se atreve?
Quem se atreve pedir ao sol para estar ainda mais quente?

Quem se atreve a dizer ao fabricante de armas olha aquela criança 
Já lhe amputaram seus membros, agora só tem traumas
Quanta desgraça vimos que não tem mais lembrança 
Quantos discursos vãos e quantos empurrões.

Não digas os tempos antigos eram melhores 
Quem herdou a sabedoria como sua herança 
Porque não escutas a censura de um sábio 
Ou quem quer ouvir a sinfonia de uma criança.

Quem consola tanta mãe em tempo de guerra
Quem repreende um pecador com cem anos 
Quantos soldados já estão prontos para outra guerra
Quem se atreve em dizer aos poderosos chega de enganos!

Quem se atreve?! 

José Valgode

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

TÓPICOS