De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Filmes da portuguesa Regina Pessoa em destaque na Catalunha

O trabalho da realizadora portuguesa Regina Pessoa estará em destaque nos 25 anos do Animac – Festival Internacional de Cinema de Animação da Catalunha (Espanha), que decorrerá em fevereiro, em Lleida.

Em comunicado, o festival anunciou que, para assinalar a data, elaborou uma lista dos 50 melhores filmes e os 25 melhores realizadores de cinema de animação dos últimos 25 anos, contando com Regina Pessoa num lugar de destaque.

De acordo com a lista divulgada, elaborada por especialistas em cinema de animação, abrangendo 25 anos de produção de cinema de animação, Regina Pessoa surge em terceiro lugar entre realizadores de curtas-metragens, atrás do cineasta búlgaro Theodore Ushev e do japonês Koji Yamamura.

O Animac 2021 decorrerá de 25 de feverieiro a 07 de março, com uma programação a repartir-se entre eventos em sala, na cidade catalã de Lleida, e ‘online’, com sessões na plataforma Filmin e encontros com realizadores através do Youtube.

Estão anunciadas as presenças de Theodore Ushev e Regina Pessoa.

A lista dos 50 melhores filmes de animação dos últimos 25 anos, com alguns dos quais a serem exibidos pelo festival, é encabeçada por “A viagem de Chihiro” (2001), do realizador japonês Hayao Miyazaki, seguindo-se “Belleville Rendez-Vous” (2003), de Sylvain Comet, e “Mary and Max” (2009), de Adam Elliot.

Nascida em Coimbra, em 1969, Regina Pessoa é uma das mais premiadas realizadoras de sempre do cinema português de animação.

Contando apenas com curtas-metragens, Regina Pessoa é autora dos filmes “noite” (1999) “História Trágica Com Final Feliz” (2005), “Kali, o pequeno vampiro” (2012) – este dois somam mais de 80 distinções – e “Tio Tomás, a contabilidade dos dias” (2019).

Este último esteve entre os finalistas a uma nomeação para os Óscares, foi eleito a melhor curta-metragem nos prémios Annie, e distinguido em vários festivais, entre os quais o festival de cinema de Annecy, em França, com o prémio especial do júri, o Animamundi, no Brasil, e o festival Caminhos do Cinema Português, em Coimbra.

Em 2018, Regina Pessoa tornou-se membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, que atribui anualmente os prémios Óscares.

#portugalpositivo