De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Motores

Félix da Costa vence no Algarve

Dois Toyota ficaram nos dois primeiros lugares dos hipercarros, e da geral; dois carros da JOTA nos primeiros lugares dos LMP2; dois Ferrari da AF Corse ficaram nos dois primeiros lugares dos LMGTE-Pro.

A Toyota foi mais forte que a Alpine, porque precisaram de parar menos vezes que o carro dos franceses. O Full Course Yellow na última hora de corrida, colocou em questão a estratégia dos nipónicos, mas deu para vencer sem se colocar a questão de a Alpine poder tirar partido dessa situação. O Toyota #8 passou o #7 para vencer a corrida nos últimos 15 minutos. A Alpine conquista o terceiro posto e a Glickenhause terminou a prova, mas ficou na 30ª posição da geral.

Nos LMP2, o JOTA #38, conduzido no último turno por António Félix da Costa, venceu. O #28 fez uma prova excelente, mas no último turno, Tom Blomqvist perdeu toda a vantagem que trazia para o final da prova. Nos últimos 5 minutos da Costa ultrapassou o Blomqvist numa manobra muito boa, subindo ao lugar mais alto do pódio. O #22 da United terminou no terceiro posto.

Nos LMGTE-Pro, a Ferrari bateu a Porsche em corrida. Na qualificação, o Porsche #92 tinha conquistado a pole position, mas em corrida os dois Ferrari foram mais fortes. O #51 ficou à frente do #52 e o Porsche #92 fechou o pódio.

Nos LMGTE-Am, o Ferrari 488 GTE Evo #47 da Cetilar venceu à frente do Porsche #56 da Team Project 1 e do Ferrari #54 da AF Corse.

Com este resultado, António Félix da Costa, Anthony Davidson e Roberto Gonzalez passam a liderar a classificação geral de pilotos de LMP2.


#portugalpositivo