De que está à procura ?

Colunistas

Dicotomias

Começar o dia com a esperança de ver a luz nascer. O sol a rasgar o horizonte. 

Como metáfora de vida, também ele , o sol, se escondeu nas sombras que enfeitiçam os homens. 

Mas o tempo não pára.

E a cidade iluminada pela luz artificial, desperta de mais uma noite.

Noite dia, dia noite!

A dicotomia da passagem do tempo.

A luz que ansiamos a cada manhã a conceder momentos de esperança. Tímido o raio de luz. Firme o passo que damos em direção ao momento seguinte.

São Gonçalves

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

TÓPICOS