De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

Seleção sub-21 esmaga nove a zero

A seleção portuguesa de futebol de sub-21 goleou a sua congénere do Liechtenstein por nove a zero, num jogo do Grupo 8 de qualificação para o Europeu de 2019 em que se destacou o ‘póquer’ de Heriberto.

Em Vaduz, o selecionador Rui Jorge poupou vários dos habituais titulares para o último jogo, decisivo, com a Bósnia-Herzegovina, mas nem por isso a formação das ‘quinas’ sentiu qualquer dificuldade em golear a frágil seleção do Liechtenstein.

A divisão de golos entre a primeira parte – Portugal marcou três antes do intervalo e seis depois dele – reflete a fraca exibição lusa nos primeiros 45 minutos e a subida de rendimento na segunda parte.

Na primeira metade, Portugal controlou e dominou, mas foi sempre muito lento nas trocas de bola e não pôs intensidade no jogo, nem mudanças de velocidade imprescindíveis para abrir espaços numa defesa que defendia com 10 homens, posicionados nas imediações da sua área.

De resto, Portugal iniciou o jogo praticamente em vantagem, com um autogolo do lateral esquerdo Noah Graber, quando tentava evitar que Diogo Gonçalves finalizasse o cruzamento de Pereira Lage, mas só voltaria a marcar aos 28 minutos, por Heriberto, de cabeça.

A seleção lusa só não foi para o intervalo com uma escassa vantagem de dois golos porque João Filipe ‘Jota’, na execução de um livre direto, marcou o terceiro golo sobe o final da primeira parte.

Na segunda parte, certamente por instruções de Rui Jorge, a equipa surgiu a imprimir maior rapidez às suas ações ofensivas, com mais trocas posicionais, o que começou a criar sérios problemas à defesa do Liechtenstein, muito posicional e ‘dura de rins’, e os golos foram surgindo com naturalidade.

Heriberto foi a grande figura lusa, ao marcar três tentos, aos 46, 62 e 90+2 minutos, para chegar ao ‘póquer’, sofrendo ainda uma falta na área, que Diogo Gonçalves transformou em golo, na marcação do respetivo penálti, aos 58.

Diogo Jota (84 minutos) e Gil Dias (90+1), que entraram na segunda parte, apontaram os restantes tentos da seleção nacional, que volta a jogar na terça-feira, recebendo a Bósnia-Herzegovina, sendo que, à condição, lidera o agrupamento.

Portugal alinhou com: João Virgínia, Diogo Dalot (Gil Dias, 70), Jorge Fernandes, Ivanildo, Pedro Amaral (Diogo Jota, 79), Pedro Rodrigues ‘Pêpê’, Pereira Lage, Bruno Costa, Diogo Gonçalves, João Filipe ‘Jota’ (Rúben Vinagre, 66) e Heriberto

Confira os golos da vitória lusa aqui: