De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Mundo

Papa Francisco declara venerável sacerdote bracarense

O Papa Francisco reconheceu as virtudes heroicas e declarou venerável o sacerdote português Albino Alves da Cunha e Silva, natural de Braga, onde nasceu em 1882, tendo falecido no Brasil, em 1973.

O padre Albino Alves da Cunha e Silva nasceu no dia 21 de setembro de 1882, na aldeia de Codeçoso, em Celorico de Basto, Arquidiocese de Braga, e em 1912 refugiou-se no Brasil na sequência da perseguição religiosa por ocasião da proclamação da República, em 1910.

O padre Albino desembarcou no Rio de Janeiro com 30 anos, passou por Jaboticabal, Jaú, Barra Bonita e fixou-se em Catanduva, em 1918, onde permaneceu até à sua morte, a 19 de setembro de 1973.

Em Catanduva, o padre Albino Alves da Cunha e Silva construiu a Igreja Matriz, a Santa Casa da Misericórdia, o “Lar de Idosos”, a Faculdade de Medicina que fundou junto ao hospital.

Em 2014, por ocasião do encerramento processo diocesano de canonização do padre Albino, D. Jorge Ortiga, arcebispo de Braga disse que o sacerdote, nascido na aldeia de Codeçoso, não é apenas “um simples filantropo ou alguém com a capacidade motivadora das pessoas para causas marcadas pela preocupação do bem comum.”

#portugalpositivo