De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Colunistas

Fake Cruzadex

Agora que grande parte da população se encontra de férias, nada melhor do que ir até uma praia e descontrairmos um pouco com os quebra-cabeças típicos da estação. Sugiro mesmo à admirável leitora e ao excelso leitor que comecem pelo quebra-cabeças do momento, pelo quebra-cabeças que está a dar que falar e que promete mesmo vir a quebrar cabeças, literalmente: as palavras-cruzadas da Revista do Semanário Expresso do último fim-de-semana.

Aquilo que era para ser um mero e descontraído quebra-cabeças típico da ‘silly season’ está a transformar-se num mediático e escaldante caso que promete animar o Verão de 2019. De facto, a Federação Nacional dos Professores (Fenprof) já se mostrou indignada com a pista para a primeira palavra horizontal das palavras cruzadas da Revista do Expresso: “Ensinam quando não estão em greve”. Em comunicado, a Fenprof fala em enorme “falta de respeito para com os docentes e a Escola portuguesa”. Ora, parece que Mário Nogueira está a enfiar a carapuça uma vez que está já a assumir que a solução para esta pista é: “PROFESSORES”. Se eu fosse ao líder da Fenprof, aguardava pelas soluções destas palavras cruzadas, as quais virão na Revista do Expresso do próximo sábado, tal como é costume e hábito neste semanário. Vai-se a ver e está-se a levantar tanta polémica para nada! Existem muitas profissões que também ensinam quando não estão em greve, como por exemplo, os CARCEREIROS (nota: ambas as palavras, ‘professores’ e ‘carcereiros’, têm 11 letras): imagine-se um preso que é apanhado a tentar fugir da sua cela. O que é que lhe acontece? Os carcereiros ensinam-lhe que esse comportamento não é o mais correcto e que no futuro ele deverá manter uma postura mais adequada ao seu papel de recluso. E de que forma é que os carcereiros lhe transmitem este sábio ensinamento? Com recurso à pedagogia do cassetete e da bordoada por forma a que o recluso assimile este douto conhecimento e, desta forma, cresça como pessoa (e acreditem que vai crescer e bem, mais não seja pelos inchaços da bordoada que apanhou). Mas sabemos bem que o aprender envolve sacrifícios. Que o digam aqueles alunos que fizeram os exames nacionais…

Mas Mário Nogueira nem em período de férias gosta de virar costas a uma boa luta. Aposto que estava numa praia da Costa da Caparica, daquelas que vão ser encerradas em Agosto para reposição de areia, muito refastelado a fazer as palavras cruzadas da Revista do Expresso, enquanto bebericava a sua Vodka, quando reparou no “Ensinam quando não estão em greve”, tendo dado imediatamente um salto da sua cadeira de praia e dito: “Eh pá, mas isto é fantástico! Já há muitos dias que eu não apareço na televisão! Deixa-me telefonar imediatamente para o camarada Jerónine”:

-Camarada, temos mais uma luta pela frente: a imprensa capitalista quer manchar o bom nome dos professores, acusando-os de estar em greve por tudo e por nada! E tudo isto numas palavras cruzadas!
-Isso não pode ficar assim camarada Mariotsky! Este governo socialista é o culpado ao promover políticas que oprimem o povo e ajudam o grande capital! Temos que mover umas cruzadas contra o poder económico e político!

-Mas o camarada Jerónine apoia o governo…

-Por vezes esqueço-me disso! Mas avança lá com a luta que os camaradas do partido apoiam-te! Desde que seja contra qualquer coisa, a gente apoia, já sabes!

Mas, pensando bem, o Expresso pode ter acabado de inventar as “Fake Cruzadex” – as Palavras Cruzadas onde tudo é possível, inclusive lançar suspeitas e pistas falsas para confundir o jogador. A partir daqui, as Palavras Cruzadas nunca mais serão as mesmas… chatas e enfadonhas! Vamos experimentar jogar ao novo jogo “Fake Cruzadex”, pode ser estimado leitor? Vamos lá então:

Pista 1: Exercem medicina quando não estão aos beijos com as enfermeiras.

Pista 2: Capital de Portugal excepto, claro, para quem vive no Porto.

Pista 3: Serve para governar um país quando não se ganham eleições democraticamente.

Pista 4: Mulher que obtém lucro através da oferta de serviços sexuais quando não está a ver os seus filhos no Canal Parlamento.

Pista 5: Produzido pelas fêmeas dos humanos sempre que apanham o marido na cama com a melhor amiga, excepto quando são adeptas do ‘ménage a trois’.

Pista 6: Decidem os destinos da nação quando não andam a favorecer os amigos e familiares.

Pista 7: Mais alto magistrado da Nação, quando não está a tirar selfies ou aos beijos e lambidelas às portuguesas.

Pista 8: Sindicalista mais poderoso e popular da Nação quando os professores estão em greve.

Pista 9: Paióis mais seguros da Nação, excepto fora das horas de expediente.

Pista 10: Jogam futebol quando não andam a espatifar carros e a fazer sexo desenfreadamente, de Madrid a Las Ve(r)gas.

Confuso? Óptimo! Boas férias e divirta-se!

Soluções mais abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1-Médicos
2-Lisboa
3-Geringonça
4-Prostituta
5-Berro
6-Governantes
7-Presidente da República
8-Mário Nogueira
9-Tancos
10-Futebolistas