De que está à procura ?

Desporto

Conhece a nova experiência de realidade virtual de Mersch?

© DR

Mersch é a casa da Zero Latency Luxemburgo, um projeto de jogos de realidade virtual. Conta com um grande investimento e já está em todo o mundo, incluindo Portugal.

Voltar aos dias de infância, em que se brincava de pistola com os amigos e gritava “bang-bang” como nos filmes de cowboys? Não. Melhor que isso. Na realidade virtual não tem que comprar nada nem passar horas a aprender.

Na Zero Latency Luxemburgo pode mergulhar diretamente na ação e entrar em combate numa sala de 200 metros quadrados, num cenário de realidade virtual com inteligência artificial, onde é você quem está no centro da ação munido de uma réplica de metralhadora para se defender dos inimigos que o rodeiam.

A Zero Latency chegou ao centro comercial Topázio, em Mersch, onde tem a última tecnologia de realidade virtual. Qualquer pessoa a partir dos 12 anos pode participar fisicamente num cenário de jogos de entretenimento ao estilo de “Hollywood”.

Em helicópteros, debaixo de água ou com equipas entre duas a oito pessoas, é você que decide como vai passar por estas experiências de emoções de sobrevivência com adrenalina extrema.

O projeto de quatro amigos, três portugueses e um luxemburguês, foi explicado ao BOM DIA por um dos sócios, Daniel Castro. A Zero Latency no Luxemburgo começou em fevereiro e vai “de vento em popa” com as reservas sempre preenchidas.

Daniel, um “gamer amador”, quis mudar de vida depois de um youtuber português o ter feito conhecer a Zero Latency de Lisboa. Com o apoio da namorada, resolveu que era aquilo que queria fazer na vida e não descansou enquanto não trouxe o amigo Jorge Teixeira, que estava a viver na Coreia do Sul, para o projeto do grão-ducado. Mais tarde, esta dupla reforçou-se com outros dois membros, o Daniel Lopes e o Bob Arendt. Especializados entre as áreas da comunicação, marketing, vendas, tecnologia, contabilidade e finanças, todos meteram mãos à obra e fizeram com que projeto se tornasse realidade.

Entre os jogos exclusivos estão Outbreak Origins, Sol Raiders, Zombie Survival, Engineerium, Far Cry Vr, Singularity e Undead Arena.

Depois de experimentar uma primeira vez, o gosto e as emoções únicas dos jogos na realidade virtual entranham-se. Quer-se sempre fazer mais um jogo. Daí que o “passa-palavra” leva a que mais amigos se juntem para participar nos jogos de equipa, com um custo, por pessoa, de 39,99 euros por cada sessão de 45 minutos.

Está previsto um campeonato a partir de 15 de setembro. As duas melhores equipas serão convidadas para o primeiro campeonato mundial, a realizar-se em fevereiro de 2023 em Milão.

Por agora, as equipas melhor classificadas são portuguesas e o grande destaque vai para quatro irmãos nascidos no Luxemburgo.

A empresa original foi formada por quatro amigos numa garagem australiana em 2013. A franquia está já em 27 países e, além de Mersch, encontra-se ainda em Bruxelas, Lille, Londres, Munique, Andorra, Madrid e Lisboa.

Assista em baixo à entrevista de Daniel Castro.

Entrevista Zero Latency, Luxemburgo

Posted by BOM DIA on Tuesday, July 26, 2022

#portugalpositivo

TÓPICOS