De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

México quase apurado, Alemanha salva nos descontos e Bélgica goleadora

O México venceu este sábado a Coreia do Sul por 2-1, mas viu a Alemanha negar-lhe o apuramento para os oitavos de final do Mundial2018, ao derrotar a Suécia pelo mesmo resultado, para se manter viva na defesa do título.

Um golo de Toni Kroos, aos 90+5 minutos, devolveu à Alemanha a ‘autodeterminação’ e impediu que os mexicanos festejassem já o apuramento no Grupo F, no dia em que a Bélgica dominou a Tunísia (5-2) e consolidou a liderança no Grupo D, com o segundo triunfo.

Em Sochi, os alemães estiveram em ‘maus lençóis’, depois da derrota com o México por 1-0, na ronda inaugural, e só um livre de Toni Kroos, que tinha errado no lance que originou o 1-0, de Toivonen (32), deu a vitória aos campeões do mundo.

Antes, um dos jogadores chamados ao ‘onze’ por Joachim Low acabou por igualar a partida. Alemanha entrou ‘transformada’ para o segundo tempo, e Reus marcou aos 48, após uma primeira parte em que se mostrou vulnerável e a Suécia capitalizou no contra-ataque.

No segundo tempo, os germânicos fizeram um ‘cerco’ à baliza de Olsen, com as oportunidades de golo a sucederem-se pelos pés de Reus, Werner, Gómez ou Brandt.

Na reta final, e já depois da expulsão do defesa Boateng, por acumulação de amarelos aos 82, acabou por ser um livre lateral de Kroos a decidir o encontro e ‘salvar’ a campeã em título, que agora soma os mesmos três pontos da Suécia.

À espera de qualquer resultado menos uma vitória alemã estava o México, que antes bateu a Coreia do Sul por 2-1, graças a tentos de Carlos Vela, de penálti, e Javier Hernández, e precisava que a Suécia vencesse ou empatasse para assegurar já o apuramento para os oitavos de final.

Depois de bater a Alemanha por 1-0 no primeiro jogo, os mexicanos voltaram a mostrar bom nível e estiveram por cima, mesmo que uma ‘aguerrida’ equipa sul-coreana tenha importunado por várias vezes Ochoa, que nada pôde fazer perante o remate da ‘estrela’ Son Heung-min nos descontos.

O México soma seis pontos na liderança da ‘poule’ F, enquanto os asiáticos estão em quarto sem somar qualquer ponto, com a última jornada, em que mexicanos e suecos se defrontam e alemães medem forças com sul-coreanos, a decidir quem avança para os ‘oitavos’.

Antes, a Bélgica voltou a mostrar a boa forma ao bater de forma confortável a Tunísia por 5-2, no seguimento da vitória inaugural sobre o Panamá, por 3-0, com um resultado que os deixa com ‘pé e meio’ nos oitavos de final, com seis pontos no grupo G.

Do outro lado, a Tunísia voltou a perder, depois do 2-1 sofrido com a Inglaterra, e está praticamente eliminada, tendo apenas conseguido atenuar o resultado com tentos de Bronn e Khazri, este último no período de compensação.

Já os belgas reafirmaram o estatuto de potência ofensiva e passaram a ter o ataque mais concretizador, com oito golos, graças aos ‘bis’ de duas das suas estrelas, Eden Hazard e Lukaku, com o avançado do Manchester United a igualar Cristiano Ronaldo na liderança dos melhores marcadores do torneio, com quatro golos.

No domingo, a jornada do Grupo G completa-se com o confronto entre o Panamá e a Inglaterra, que procura um triunfo para igualar os seis pontos dos ‘diabos vermelhos’.