De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Array ( [0] => WP_Post Object ( [ID] => 4767 [post_author] => 1 [post_date] => 2015-04-25 01:18:01 [post_date_gmt] => 2015-04-25 00:18:01 [post_content] => Os cinco melhores vinhos verdes da colheita 2014 são os arintos Quinta de Linhares e Modestu's e os alvarinhos Dona Paterna, Quinta das Pereirinhas e Terras de Monção, foi anunciado no Porto. A eleição dos melhores vinhos verdes é uma iniciativa anual da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) e os vencedores deste ano foram conhecidos durante um jantar-gala que teve lugar no Palácio da Bolsa. Os cinco melhores receberam os prémios Best Of, a principal categoria deste concurso, e foram escolhidos por um "júri internacional composto por especialistas provenientes dos principais mercados de exportação", de acordo com a CVRVV. "Desde 2009 que a CVRVV inclui a categoria "Best Of" no concurso Melhores Verdes, destinada a promover um "Top 5" alvo de maior divulgação e promoção internacional", refere a própria Comissão em nota enviada à agência Lusa. O vinho verde Quinta de Linhares é produzido numa quinta situada em Penafiel e o Modestu's é feito com uvas da sub-região de Basto, ao passo que os alvarinhos Dona Paterna, Quinta das Pereirinhas e Terras de Monção vêm da sub-região de Monção e de Melgaço, que faz fronteira com a Galiza. O concurso distinguiu com ouro 12 vinhos selecionados por um júri composto por representantes da Associação de Escanções de Portugal, de comissões vitivinícolas e da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte e por jornalistas e enólogos. Nessa categoria, destaque para a Quinta de Gomariz, da sub-região do Ave, com dois vinhos eleitos, o Rosé Colheita Selecionada Padeiro e o Colheita Selecionada Alvarinho Regional Minho. Curvos Branco Superior, Estreia Tinto, Messala Alvarinho, S. Caetano Escolha Arinto, Encostas de Caíz Grande Escolha Avesso, Quinta da Levada Azal, Quinta de Linhares Loureiro, Santa Cristina Trajadura, Muralhas de Monção Espumante Branco Bruto Alvarinho e Aguardente Ferreirinha são os outros premiados dos com ouro. Foram ainda premiados com prata 17 vinhos entre "tintos, brancos, rosados, espumantes e aguardentes", indicou ainda a CVRVV. A entidade acrescenta que, "com mais de 250 referências inscritas, concurso Melhores Verdes 2015 registou "uma grande participação de vinhos monovarietais", embora os lotes predominem, como acontece, tradicionalmente, na Região Para Manuel Pinheiro, presidente da CVRVV, "num ano em que se discute o novo regime de direitos de plantação e o alargamento do plantio, sendo que a Região dos Vinhos Verdes está a trabalhar com stocks esgotados, é urgente captar novos investimentos em novas vinhas" para que a produção e as vendas cresçam. Manuel Pinheiro disse à Lusa que a "região tem de assumir um novo desafio, que é a viticultura". É preciso investir em "novas plantações" uma vez que todo o vinho produzido está a ser vendido, insistiu, reforçando que esta é a "nova fronteira" que a região tem pela frente. "As exportações estão a ser a locomotiva comercial dos vinhos verdes. Têm uma quota que já ultrapassa 40%" da produção, destacou também. Manuel Pinheiro afirmou esperar que a meta dos 50 por cento seja alcançada até ao final desta década. Os vinhos verdes estão presentes em "111 mercados", disse. [post_title] => Saiba quais são os melhores vinhos verdes de 2014 [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => saiba-quais-sao-os-melhores-vinhos-verdes-de-2014 [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-25 01:18:01 [post_modified_gmt] => 2015-04-25 00:18:01 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/saiba-quais-sao-os-melhores-vinhos-verdes-de-2014/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [1] => WP_Post Object ( [ID] => 4761 [post_author] => 1 [post_date] => 2015-04-24 22:55:52 [post_date_gmt] => 2015-04-24 21:55:52 [post_content] => O ensaísta e filósofo Eduardo Lourenço considerou que a emigração portuguesa foi uma emigração com resultados positivos, embora também tenha tido custos. "Não haverá emigrações com sucesso garantido, mas a nossa foi, na medida do possível, uma emigração que teve resultados positivos, embora com custos naturalmente", apontou. Eduardo Lourenço falava, no Fundão, no encerramento dos colóquios "Labirintos da Memória", que se realizaram naquela cidade, entre quinta-feira e hoje, e durante os quais a temática da emigração esteve em análise. Convidado especial da iniciativa promovida pela Câmara Municipal do Fundão, Eduardo Lourenço fez questão de lembrar que não é especialista em emigração e que nem ele próprio se considera emigrante, mas partilhou a sua visão sobre o que foi a emigração portuguesa, principalmente da década de 60. "Uma emigração de sangue, suor e lágrimas, mas que, ao fim e ao cabo, foi uma emigração com sentido e que deu sentido a tantas gerações, a tantas vidas e a tantos portugueses", disse. Durante a intervenção, Eduardo Lourenço apontou algumas das mudanças provocadas por esse "fenómeno complexo" e que alterou não só os próprios emigrantes, como os países de acolhimento e Portugal. Dos emigrantes destacou, por exemplo, a "metamorfose" e da qual considerou terem sido as mulheres o principal motor, por terem "manifestado melhor capacidade de adaptação" e por terem sido "as primeiras a perceber a mudança de paradigma". "Foram elas as primeiras a perceber que o destino da emigração não era outro que não fosse o de passarem para um patamar melhor, que na época ainda nem sabiam qual era", fundamentou. Como resultado, "hoje, ao fim de tantos anos, a paisagem francesa está cheia de nomes portugueses e de filhos de portugueses em situações [boas] que de outra forma não teriam conseguido alcançar", referiu, sustentando ainda que a emigração portuguesa nunca colocou problemas, "pelo menos graves", para os países de acolhimento. Lembrou igualmente que "há um Portugal filho desta aventura", que modificou os que partiam e os que ficavam. "Os que cá ficavam primeiro viviam muito preocupados com a desgraça dos que iam viver para fora. Depois, pouco a pouco, foram assistindo, já com algum espantado, ao regresso desses portugueses que já vinham diferentes e que já eram outros", acrescentou. Uma emigração que também acabou por ter consequências positivas, na hora em que Portugal passou a ser um país de imigrantes. "Parece-me que o reflexo positivo que houve aqui relativamente aos imigrantes, nomeadamente de países de leste, se prende com esta aceitação e conhecimento do que era a vida dos nossos emigrantes", lembrou. Além da intervenção de Eduardo Lourenço, esta sessão de encerramento dos colóquios "Labirintos da Memória" ficou ainda marcada pelo tributo que a Câmara do Fundão - promotora da iniciativa - prestou ao filósofo, tendo-lhe atribuído a medalha de ouro da cidade. A autarquia também prestou tributo a Abílio Laceiras, emigrante em França de origem fundanense, e a Maria Beatriz Rocha Trindade, professora catedrática e investigadora na área da investigação. (Fotografia: José Cesário/Facebook) [post_title] => Emigração portuguesa teve resultados positivos, afirma Eduardo Lourenço [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => emigracao-portuguesa-teve-resultados-positivos-afirma-eduardo-lourenco [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 22:55:52 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 21:55:52 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/emigracao-portuguesa-teve-resultados-positivos-afirma-eduardo-lourenco/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [2] => WP_Post Object ( [ID] => 4731 [post_author] => 30 [post_date] => 2015-04-24 17:30:16 [post_date_gmt] => 2015-04-24 16:30:16 [post_content] => O deputado Carlos Alberto Gonçalves eleito pelo círculo da emigração estará de visita a França e ao Luxemburgo de 25 a 27 de Abril. Segue-se o programa da visita. Sábado - 25 de Abril 19h00 – Participa nas Comemorações do 40º Aniversário da Associação Portuguesa Cultural e Social de Pontault-Combault e do 25 de Abril 1974 na sala Jacques Brel - Pontault-Combault, França. 22h30 – Participa nas Comemorações do 40º Aniversário da Associação Cultural Portuguesa de Argenteuil na sala Jean Vilar, Argenteuil, França. Domingo - 26 de Abril 11h00 – Participa no VIII Congresso da Confederação das Coletividades Portuguesas do Luxemburgo – CCPL na  sala Polivalente de Beggen, Luxemburgo. Segunda - 27 de Abril 10h00  - Visita ao Consulado Geral de Portugal no Luxemburgo 11h30 – Reunião com o Presidente do Grupo Parlamentar do CSV, Claude Wiseler em 13, rue du Rost – Luxemburgo.   [post_title] => Carlos Gonçalves de visita a França e Luxemburgo [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => carlos-goncalves-de-visita-a-franca-e-luxemburgo [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 17:30:16 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 16:30:16 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/carlos-goncalves-de-visita-a-franca-e-luxemburgo/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [3] => WP_Post Object ( [ID] => 4724 [post_author] => 30 [post_date] => 2015-04-24 17:00:21 [post_date_gmt] => 2015-04-24 16:00:21 [post_content] => Édouard Perrin, o jornalista francês, que revelou primeiramente o escândalo "Luxleaks" de concessão de benefícios fiscais a multinacionais pelo Luxemburgo, foi formalmente acusado de vários delitos, entre os quais furto doméstico, informou o Ministério Público luxemburguês. O jornalista francês é a terceira pessoa a ser formalmente acusada no Luxemburgo, depois de o colaborador do gabinete de auditoria da consultora PricewaterhouseCoopers Antoine Deltour, e de um outro funcionário da empresa de onde provinha a maioria dos documentos do "Luxleaks". As acusações decorrem da instrução do processo suscitado por uma queixa apresentada pela PwC em junho de 2012. [post_title] => Acusado no Luxemburgo jornalista que revelou 'Luxleaks' [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => acusado-no-luxemburgo-jornalista-que-revelou-luxleaks [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 17:00:21 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 16:00:21 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/acusado-no-luxemburgo-jornalista-que-revelou-luxleaks/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [4] => WP_Post Object ( [ID] => 4727 [post_author] => 32 [post_date] => 2015-04-24 15:30:59 [post_date_gmt] => 2015-04-24 14:30:59 [post_content] => O Bayern Munique defronta o FC Barcelona nas meias-finais da Liga dos Campeões em futebol, enquanto o Real Madrid, detentor do troféu, joga com a Juventus, ditou, esta sexta-feira, o sorteio realizado em Nyon, na Suíça.
O sorteio realizado em Nyon (Suíça), colocou frente a frente os "colossos" alemão - que nos quartos de final perdeu por 3-1 no Estádio do Dragão, antes de golear em casa a equipa portuguesa por 6-1 - e espanhol, tranquilo vencedor do embate com o Paris Saint-Germain (vitórias por 3-1 e 2-0). O treinador do Bayern, o espanhol Pep Guardiola, vai reencontrar o clube catalão, ao comando da qual se sagrou campeão europeu em 2009 e 2011, mas o histórico de confrontos entre os dois clubes é claramente favorável aos germânicos. Na última vez que se defrontaram, há dois anos, o Bayern "despachou'"o Barcelona com dois triunfos categóricos e um saldo de golos de 7-0 (4-0 em casa e 3-0 na Catalunha), seguindo para a final da prova, na qual se impôs por 2-1 aos compatriotas do Borussia Dortmund. A equipa alemã, cinco vezes campeã europeia, defrontou o rival espanhol em oito ocasiões, tendo vencido cinco jogos, empatado dois e perdido apenas um, por rotundo 4-0, na caminhada do 'Barça' em 2008/2009 que também terminou com a conquista do título. Com menos um troféu conquistado, o Barcelona, impulsionado pelo trio atacante composto por Messi, Neymar e Suárez, procura aproveitar a 'maré' de lesões no Bayern, que não pôde alinhar frente ao FC Porto com quatro titulares: os defesas Alaba e Benatia e os avançados Ribéry e Robben.
O Real Madrid, onde alinham os internacionais portugueses Pepe, Fábio Coentrão e a 'estrela' Cristiano Ronaldo, é o campeão em exercício e recordista de títulos, com 10 troféus conquistados, é o favorito no embate com a Juventus, que 'apenas' venceu a prova duas vezes. Os 'merengues' afastaram com muita dificuldade o Atlético de Madrid, impondo-se em casa por 1-0 depois de ter empatado 0-0 na primeira mão, na reedição da final da Liga dos Campeões da época passada, disputada no Estádio da Luz, em Lisboa, que o Real Madrid venceu por 4-1, após prolongamento. A Juventus, que tem em Pirlo o 'cérebro' do seu jogo ofensivo, também não teve tarefa fácil para eliminar o Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, segurando em França o empate 0-0 na segunda mão, depois de ter vencido em Itália por 1-0. O historial de confrontos entre as duas equipas é muito equilibrado, com oito êxitos do Real Madrid, contra sete da 'Juve' e um empate, mas os espanhóis saíram vencedores do mais emblemático, a final da Liga dos Campeões de 1998, por 1-0. As duas mãos das meias-finais da Liga dos Campeões da época 2014/2015 estão marcadas para 5 e 6 de maio e para 12 e 13 do mesmo mês, enquanto a final realiza-se a 6 de junho, no Estádio Olímpico de Berlim.
Na Liga Europa, o Sevilha, detentor do troféu e onde alinham os portugueses Beto, Carriço e Diogo Figueiras, vai defrontar a Fiorentina, no jogo "grande" das meias-finais, enquanto o Nápoles defronta os ucranianos do Dnipro, clube do português Bruno Gama. O clube espanhol, que venceu o Benfica na final da última edição (4-2, no desempate por grandes penalidades), começa por receber os italianos, a 7 de maio, com a segunda mão agendada para dia 14 do mesmo mês, enquanto a final disputa-se a 27 de maio, no estádio de Varsóvia.
  [post_title] => Barcelona-Bayern e Real Madrid-Juventus nas meias-finais da Champions [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => barcelona-bayern-e-real-madrid-juventus-nas-meias-finais-da-champions [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 15:31:46 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 14:31:46 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/barcelona-bayern-e-real-madrid-juventus-nas-meias-finais-da-champions/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [5] => WP_Post Object ( [ID] => 4720 [post_author] => 30 [post_date] => 2015-04-24 14:56:34 [post_date_gmt] => 2015-04-24 13:56:34 [post_content] => A Bexeb S.A.de Bacharage realizou uma conferência esta semana, quinta dia 23 de abril, para lançar a sua participação na Foire de Printemps, que decorrerá de 9 a 17 de maio na LuxExpo. Este encontro serviu também para entregar o prémio do concurso lançado na feira no ano passado, uma viagem a Portugal para duas pessoas. A vencedora foi Daniela Reis que recebeu das mãos de Alberto O. Kunkel, um dos responsáveis máximos da Luxair, a viagem. O concurso pela viagem a Portugal irá repetir-se este ano. Houve ainda espaço para uma pequena degustação de vinho da Quinta dos Aciprestes, que é, como explicou Hugo Melo, responsável dos vinhos na Bexeb, em declarações ao BOM DIA “uma quinta nova que nós representamos, que pertence à Real Companhia Velha, que é mais que uma empresa é uma instituição!” [post_title] => Bexeb representa mais uma quinta de vinho português [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => bexeb-representa-mais-uma-quita-de-vinho-portugueses [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 15:27:22 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 14:27:22 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/bexeb-representa-mais-uma-quita-de-vinho-portugueses/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) [6] => WP_Post Object ( [ID] => 4717 [post_author] => 30 [post_date] => 2015-04-24 12:58:07 [post_date_gmt] => 2015-04-24 11:58:07 [post_content] => Pedro Faria está desaparecido há cerca de um mês sem  ter deixado rasto. Não tinha férias marcadas e o seu telefone tem-se mantido desligado. Os amigos e familiares de Pedro lançaram uma campanha nas redes sociais para encontrar o seu paradeiro, visto que ainda nenhuma investigação foi aberta pelas autoridades. Pedro Faria é natural de Lisboa e trabalha como "barman" na cidade do Luxemburgo, onde é bastante popular. [post_title] => Amigos procuram desesperadamente Pedro Faria [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => open [post_password] => [post_name] => amigos-procuram-desesperadamente-pedro-faria [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2015-04-24 14:20:20 [post_modified_gmt] => 2015-04-24 13:20:20 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => http://bomdia.eu/luxemburgo/amigos-procuram-desesperadamente-pedro-faria/ [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw ) ) luxemburgo

Opinião

Carregar mais artigos