De que está à procura ?

Europa

Trabalhar sem diploma no Luxemburgo vale o dobro de ter “canudo” em Portugal

O Luxemburgo é o país europeu que proporciona melhores salários líquidos a quem possui apenas o ensino secundário (37 mil euros anuais), representando mais do dobro do salário médio líquido de um profissional com estudos superiores completos em Portugal (18 mil euros anuais).

Para além do Luxemburgo, também Alemanha, Áustria, Dinamarca, Países Baixos, Malta, Bélgica, Suécia, Finlândia, Irlanda, França e Itália apresentam uma média salarial superior para quem possui apenas o ensino secundário do que em Portugal para os profissionais com ensino superior.

Ser diplomado em Portugal compensa menos do que ter apenas o ensino secundário em boa parte da Europa. Em 2020, o rendimento anual líquido por adulto equivalente dos trabalhadores portugueses com educação superior era menor do que o dos trabalhadores com o ensino secundário em 12 países da UE, em paridade de poderes de compra.

Para quem tem “canudo”, existem 18 países na UE que proporcionam rendimentos líquidos superiores aos seus diplomados do que em Portugal. Para além dos países acima mencionados, também Espanha e Chipre pagam melhor aos seus diplomados, assim como alguns países de leste (Eslovénia, Lituânia, Chéquia e Estónia).

TÓPICOS