De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

Telma Monteiro fora dos Jogos Olímpicos

Um terceiro castigo, decidido com recurso ao videoárbitro, já no prolongamento do seu segundo combate, ‘deixou’ a judoca Telma Monteiro fora dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

A mais medalhada judoca portuguesa de sempre, bronze nos Jogos do Rio2016, teve uma saída amarga dos seus quintos Jogos Olímpicos, após um combate de enorme desgaste físico na categoria de -57 kg diante da polaca Julia Kowalczyk.

Telma Monteiro, que tinha vencido a sua adversária nos Europeus de Praga no último ano, foi ‘arrastada’ para um confronto de quase 10 minutos, os quatro regulamentares e mais 5.31 no ‘golden score’, e fez notar um maior desgaste físico.

Antes, enquanto existiram forças, a judoca tentou ter a iniciativa e tomar conta do combate, num confronto em que Kowalczyk chegou a sofrer um castigo (shido) por inoperância atacante, mas com o prolongamento as coisas mudaram.

A portuguesa ainda viu o videoárbitro analisar nos primeiros segundos do ‘golden score’ uma ação que lhe poderia ter dado a vantagem de waza-ari, mas, com tudo na estaca zero, não conseguiu ter verdadeiros desequilíbrios.

O avançar do cronómetro pesou nas ações das duas judocas, mas, especialmente, em Telma Monteiro, que no ‘tempo extra’ teve uma sequência de castigos, aos 1.22 minutos, aos 4.57 – que a deixou em risco -, e aos 5.31.

No terceiro e último, perante o peso de uma possível eliminação olímpica, foi o videoárbitro que confirmou a terceira penalização à portuguesa, considerando que efetuou um falso ataque, o que valeu a Telma Monteiro um terceiro shido e a derrota por ippon.

Kowalczyk, que já tinha eliminado a favorita húngara Hedvig Karakas, garantia assim a presença nos quartos de final – e no mínimo a repescagem -, fase do quadro em que defrontará a líder e campeã mundial, a canadiana Jessica Klimkait.

Já a judoca portuguesa, que se tinha estreado com um triunfo por ippon diante da costa-marfinense Zouleiha Abzetta Dabonne, despede-se dos seus quintos Jogos Olímpicos, repetindo o nono lugar alcançado em Pequim2008, em que teve também uma vitória e uma derrota.

Em outras participações olímpicas, Telma Monteiro foi 12.ª em Atenas2004, 17.ª em Londres2012, e terceira, e consequentemente medalha de bronze, nos Jogos Olímpicos Rio2016.

Telma Monteiro e Nuno Delgado, este em Sydney2000, na categoria de -81 kg, têm as únicas medalhas olímpicas do judo português.

Nestes Jogos de Tóquio, além de Telma Monteiro, Catarina Costa (-48 kg) e Joana Ramos (-52 kg) já competiram, com a primeira a ser quinta classificada, perdendo no combate pelo bronze no sábado, e a segunda 17.ª, derrotada no domingo na estreia.

Na terça-feira, será a vez de entrar em ação Anri Egutidze, em 81 kg, com Portugal a completar a participação no judo dos Jogos Olímpicos com Bárbara Timo (-70 kg), na quarta-feira, Patrícia Sampaio (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg) na quinta-feira, e Rochele Nunes (+78 kg), na sexta-feira.