De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Motores

Setor automóvel trava a fundo por falta de componentes

As vendas de automóveis novos registaram uma descida recorde na Europa, no mês de outubro, devido à falta de semicondutores.

Com 665.000 veículos vendidos, as matrículas registadas caíram 30,3% em outubro de 2021 em relação a outubro de 2020, indicou a Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA) em comunicado.

A ACEA nunca registou um número tão baixo em outubro desde que começaram as primeiras estatísticas em 1990.

Foi o quarto mês consecutivo em baixa no mercado europeu.

Nos principais mercados houve um forte recuo, com uma queda de 35,7% em Itália, de 34,9% na Alemanha, de 30,7% em França e de 20,5% em Espanha.

Nos primeiros 10 meses do ano, as vendas permanecem ligeiramente acima do nível de 2020 (+2,2%) a nível europeu.

“Apesar da recente queda nas vendas devido à escassez de semicondutores, os ganhos obtidos no início do ano permitiram permanecer em números positivos”, indicou a ACEA.

Além disso, a procura continuou positiva em três dos quatro principais mercados: Itália (+12,7%), Espanha (+5,6%) e França (+3,1%). Na Alemanha, os resultados pioraram desde janeiro até agora em comparação com os de há um ano (-5,2%), precisou a associação que representa os 15 principais fabricantes europeus de veículos.