De que está à procura ?

Europa

Segurança é prioridade antes de se legalizar canábis na Alemanha

© DR

Alemanha quer garantir a segurança em primeiro lugar antes de legalizar o uso recreativo da canábis. Também a saúde pública é uma prioridade para o ministério federal da Saúde.

O governo da Alemanha está a avançar com planos de legislação para legalizar o consumo de canábis. O ministro da Saúde, Karl Lauterbach, admitiu preparar um projeto-lei até ao fim do ano.

“A maneira atual e principalmente repressiva de lidar com a canábis falhou”, disse Lauterbach. O ministro já foi contra a legalização da canábis, referindo riscos à saúde como argumento. Continua a pedir que muitos detalhes do assunto sejam esclarecidos, mesmo que a sua opinião tenha mudado, como refere o Deutsche Welle.

O governo de coligação entre o SPD, os Verdes e o FDP estão em sintonia quanto à legalização da canábis, comprometidos com uma “distribuição controlada para consumo de adultos”.

Os problemas que carecem de mais cuidadosa consideração antes de se avançar para a legalização ainda são alguns. A proteção de menores e aspetos relativos ao código penal, fiscal e de segurança rodoviária deixam o assunto ainda em cima da mesa.

Apesar de o uso de canábis poder ser um problema para jovens, que “pode destruir uma vida antes de começar”, o ministro reconhece que há necessidade de acesso seguro e de qualidade à planta sem criminalização.

O acesso à canábis é algo que “deve ser aceite e faz parte de uma sociedade moderna”, esclarece o ministro. Assumiu ainda que há cerca de quatro milhões de adultos a consumir canábis na Alemanha.

TÓPICOS