De que está à procura ?

Colunistas

Rui Rio e Cristo

Quando Rui Rio diz que é católico mas não tem fé nem é crente, está a dizer, inconscientemente, algo muito mais demoníaco do que parece à primeira vista: que se filia no grupo católico por razões não espirituais ou metafísicas.

Que razões poderiam ser então as de Rui Rio?

Não sobram muitas hipóteses.

Acredito que não será pelo deleite estético exercido pelos rituais performativos.

Será então o conservadorismo dos costumes (que nada tem de Cristo), o privilégio de classe, a rede de interesses e favores, a convenção social vazia, acesso ao poder detido por esta instituição.

Tudo o que não é Cristo.

Rui Rio é portanto literalmente um embaixador do demónio e do anti-Cristo. Porque como líder do maior partido católico português afasta o catolicismo de Cristo.

Pedro Fernandes Duarte

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

TÓPICOS