De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Revista Time escolheu dois destinos portugueses extraordinários

A revista TIME acaba de divulgar a lista dos locais mais extraordinários do mundo a visitar em 2021. Coimbra – cidade candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027 – e Arouca são dois dos 100 lugares eleitos pela publicação.

“Com suas igrejas brancas e praça de azulejos, Arouca, uma cidade portuguesa uma hora ao sul do Porto, já era conhecida por sua beleza. Agora, com a estreia da 516 Arouca, a maior ponte pênsil para peões do mundo, Arouca está a receber atenção global por sua engenharia”, diz a revista americana.

A Time descreve a ponte que, explica, é feita de cabos de aço, acima do rio Paiva, e que leva cerca de 10 minutos para atravessar, e recorda que a atração encontra-se no Arouca Geopark, integrante da Rede Europeia de Geoparques da UNESCO e conhecida pelo turismo de natureza e pela prática de desportos radicais.

O facto de Coimbra ser uma das duas localidades lusas na lista da Time levou a que o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado declarasse: “a cidade regista e agradece este reconhecimento internacional, que vem juntar-se a outros que, nos últimos anos, mostram inequivocamente que Coimbra vive, mesmo apesar da pandemia, um momento de valorização crescente dos seus patrimónios e das suas pessoas e é reconhecida por isso”. E acrescenta: “Pretendemos continuar a valorizar Coimbra, tornando-a, cada vez mais, uma referência nas mais diversas áreas, sempre com os olhos postos na Capital Europeia da Cultura 2027, à qual nos candidatamos e que temos uma profunda expectativa de vir a organizar”.

Para Luís de Matos, coordenador do Grupo de Trabalho da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura, “a promoção da vertente cultural assume um papel crucial na vida da cidade e teve – não tenho dúvidas – uma grande influência nesta eleição que projeta, de uma forma incomparável, a cidade de Coimbra no panorama internacional”. Neste ponto, refira-se que o Centro de Arte Contemporânea da cidade, aberto ao público a 4 de julho de 2020, que tem patente exposições de artistas como Mário Cesariny, Peter Zimmermann ou Helena Almeida, ou o emblemático Mosteiro de Santa Clara-a-Velha foram apenas alguns dos locais destacados no artigo da Time.