De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Projeto português edita álbum em Espanha

O projeto português Cordel, que junta os músicos Edu Mundo e João Pires, apresenta-se em Espanha em abril, país onde está garantida a edição do novo álbum, previsto para este ano.

Segundo a empresa de agenciamento e produção cultural Fado in a Box, num comunicado divulgado, “depois do disco de estreia (‘Volume I’) lançado em maio de 2019, a dupla de cantautores prepara-se para uma primeira incursão internacional, que acontecerá em Espanha (Galiza) já no próximo mês de abril”.

A dupla já tem concertos confirmados em Lugo, no dia 16 de abril, em Ourense, a 19, em Santiago de Compostela, a 23, e em Ribadeo, a 24.

Para este ano, os Cordel têm previsto um novo álbum, “o tão aguardado ‘Volume II’, que será editado pela Warner Music Spain, em Portugal e em Espanha”.

Edu Mundo (Fogo Fogo) e João Pires (Coladera) juntaram-se no projeto Cordel, um “mergulhar na canção portuguesa e nos ritmos tradicionais portugueses”, cujo álbum de estreia, homónimo e primeiro de uma trilogia, foi editado em maio do ano passado.

No projeto Cordel, os músicos fazem “acima de tudo música portuguesa”. “Essa é a nossa sinergia principal, mergulhar na canção portuguesa e nos ritmos tradicionais portugueses”, afirmou João Pires em declarações à Lusa, em maio do ano passado, referindo que “as fusões lusófonas” presentes em algumas canções estão ligadas ao facto de pertencerem aos projetos Fogo Fogo e Coladera.

Em “Volume I”, “a maioria das canções foi feita à distância, idealizadas à guitarra e terminadas à caneta”. “E tudo partilhado, a não ser que a canção já esteja concluída por um de nós”, sublinhou Edu Mundo.

No entanto, o álbum “foi feito em conjunto”. “Os arranjos, as participações especiais, os músicos convidados foram pensados a dois. Gravámos uma primeira parte numa casa de um amigo no Porto e o restante nos estúdios da Valentim de Carvalho em Lisboa”, recordou João Pires.

Todos os dez temas que integram o disco “falam de ligações, ou ‘cordéis’ entre pessoas, ou de uma pessoa com uma parte do seu interior”. “O Cordel, símbolo de ligação entre dois pontos, é o tema primordial do disco”, disse Edu Mundo, que no bilhete de identidade é Márcio Silva.

João Pires, que partilha o projeto Coladera com o brasileiro Vítor Santana, editou o álbum de estreia a solo, “Caminhar”, em 2012.

Há cinco anos iniciou o projeto Coladera, que “celebra em forma de música a ponte cultural entre o Brasil, Portugal e Cabo Verde, num diálogo assente em violões, percussões e vozes”, que já foi apresentado ao vivo em Portugal e no estrangeiro, em países como Estados Unidos, Holanda, Espanha, Hungria e Dinamarca.

Ao longo da carreira, João Pires já colaborou com músicos como Sara Tavares, Aline Frazão, Pedro Moutinho e Dino D’Santiago.

Márcio Silva, baterista dos Souls of Fire e Fogo Fogo, começou a criar o projeto Eu Mundo em 2011, que apresentou pela primeira ao vivo três anos depois.