De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Comunidades

Português da Suíça cria site para “informar e ajudar”

“Emigrar para a Suíça” é o nome do portal online criado pelo português Samuel Soares, que promete apoiar e informar a comunidade portuguesa residente na Suíça e todos quantos queiram emigrar para o pais. O jovem portimonense, de 30 anos, engenheiro civil de profissão, criou a plataforma online “Emigrar para a Suíça”, há pouco mais de um ano, com o objetivo principal de partilhar informações práticas, em português, ligadas à emigração.

“Sempre achei que faltava informação em português relacionada com a emigração em geral”, afirmou à Lusa o autor do projeto, salientando que grande parte dos emigrantes portugueses residentes na Suíça têm dificuldades com a língua local.

“Quando criei a página não dispunha de muito tempo livre e não era muito regular nas minhas publicações. No entanto, com a covid-19 e, durante o confinamento, reparei que existia uma falta de informação em português referente à pandemia. Foi aí que comecei a publicar regularmente informações sobre o assunto que pudessem ser úteis”, descreveu.

O engenheiro e administrador do site “Emigrar para a Suíça” relatou que conseguiu reunir cerca de 9.000 seguidores em menos de um ano graças aos artigos publicados durante a quarentena.

“Durante o confinamento publiquei muitas informações relacionadas com a pandemia, traduzindo para português as informações que iam sendo publicadas na página da Confederação Suíça para que os portugueses pudessem estar informados sobre o avançar da situação”, adiantou.

Segundo o administrador da página, o número de pedidos vindo de portugueses que pretendem viver na Suíça são cada vez maiores. “As questões que surgem são sempre as mesmas, são relacionadas à procura de casa, à busca de emprego, às autorizações de estadia prolongada e tudo o que esteja ligado à vida na Suíça”, disse.

“Ao longo destes anos tenho vindo a ajudar muitos portugueses em diversas áreas, de forma gratuita, nomeadamente a escrever cartas, por exemplo. Sempre gostei de ajudar, e vi nas redes sociais uma oportunidade para criar este projeto e conseguir assim chegar a toda a comunidade portuguesa residente na Suíça”, comentou.

“Por enquanto trabalho sozinho, sou eu quem trata da gestão da página, da pesquisa de informação, assim como da tradução dos textos publicados nas diferentes redes sociais. Para além desta componente informativa, a ideia é tentar desenvolver parcerias, nomeadamente com agências de emprego, seguradoras e muitas outras áreas, com vista a garantir uma melhor integração dos portugueses no seu país de acolhimento”, acrescentou.

A página reúne um conjunto de informações sobre vários assuntos ligados à atualidade, emprego, habitação, seguros obrigatórios, formação e muitas outras temáticas de interesse comum, em português.

O portal encontra-se acessível através das redes sociais Facebook e Instagram e o administrador promete novidades até ao fim do ano.

#portugalpositivo