De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Portugal e Alemanha de acordo sobre as prioridades europeias

O ministro português dos Negócios estrangeiros, Augusto Santos Silva, esteve em Berlim a preparar a transição da presidência do Conselho da União Europeia, atualmente ocupada pela Alemanha e que Portugal assume a partir de janeiro próximo.

Na capital alemã, o diplomata reuniu-se com dois de seus homólogos: o alemão Heiko Maas e o esloveno Anže Logar. Em 2021, a Eslovénia sucederá a Portugal na presidência da UE.

Santos Silva elogiou a “eficácia” alemã “em condições extremamente difíceis”, destacando como “vitória alcançada” a assinatura por todos os estados-membro do acordo para aprovação do próximo orçamento plurianual e do fundo de recuperação económica pós-pandemia, que espera vir a ser ratificado ainda durante a liderança alemã.

O ministro Santos Silva explicou ainda que a presidência portuguesa terá foco na ação, porque Portugal estará encarregado de “implementar as decisões que tomamos em 2020”. Neste contexto, o pilar social da União Europeia será reforçado para que a transição ecológica e a transição digital “sejam feitas sem deixar ninguém para trás”.

“Mais uma vez, vamos dar continuidade no que é feito este ano”, que termina com uma cimeira em Bruxelas, que irá reunir um número de líderes europeus e africanos em dezembro.

“Cooperação no combate à pandemia [da Covid-19]” bem como temas importantes da agenda comum – como “migração, emprego, empoderamento das mulheres, saídas para os jovens, educação e tecnologia” – estarão na pauta.

“A presidência portuguesa vai pôr em prática essa agenda”, garante o ministro que afirma ainda que a entrada em vigor do novo acordo de cooperação entre a União Europeia, a África Subsaariana, as Caraíbas e o Pacífico, em 2021, será levada em conta.

“Portugal está numa posição única de facilitar este diálogo europeu-africano”, afirma.