De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

Paulo Fonseca perde a cabeça com o árbitro

A receção da Roma, de Paulo Fonseca, ao Cagliari ficou marcada pela confusão junto ao árbitro no final da partida. O treinador português, visivelmente alterado, bem como o preparador físico, Nuno Romano, receberam mesmo ordem de expulsão.

Em causa está um golo anulado aos romanos que teria desfeito o empate a uma bola. Foi aos 90 minutos que o árbitro Davide Massa, com recurso ao VAR, anulou o golo a Kalinic. O árbitro considerou que o ponta-de-lança croata terá empurrado Pisacane, que depois chocou o guarda-redes do Cagliari deixando-o fora da jogada.

“Não haja dúvidas, mereci o vermelho” admitiu Paulo Fonseca, já mais calmo. “O golo era legal, o árbitro fala primeiro com um jogador do Cagliari e diz-lhe que não é falta, até faz o gesto com a mão. Depois decidiu assinalá-lo. Falou com o VAR? Então porque é que não foi ver o lance?”, lamentou o antigo técnico do FC Porto.

Quanto ao jogo, este foi dominado pela Roma, que efetuou 17 remates à baliza. Curiosamente o principal obstáculo aos romanos foi o guarda-redes que têm emprestado ao Cagliari, Robin Olsen, que só foi batido por autogolo. Mais eficaz foi a equipa visitante que fez um golo em apenas seis remates. Um penálti convertido por João Pedro Galvão, que em Portugal passou pelo Estoril.

A equipa de Paulo Fonseca desperdiçou assim a ocasião de ultrapassar o Nápoles na tabela classificativa e chegar ao quarto lugar. Para além de não contar com Paulo Fonseca no banco para o próximo compromisso, o conjunto romano perdeu também dois jogadores por lesão, Diawara e Dzeko que terão ambos de ser operados.

Confira as imagens da partida: