De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Publireportagens

OGBL continua a ser o sindicato número 1 no Luxemburgo e maioritário em muitos setores

Das 3.800 empresas do Luxemburgo que organizaram eleições para as delegações do pessoal no dia 12 de março, apenas cerca de 2400 já apuraram os resultados dos votos e transmitiram-nos ao Ministério do Trabalho, respetivamente à ITM (Inspeção do Trabalho).

Atualmente, a OGBL contabiliza já mais de 1900 delegados efetivos e mais de 1600 delegados suplentes eleitos (do total de 5120 candidatos que a nossa central apresentou), o que representa, para já, mais de 25% da totalidade dos votos.

Ou seja, independentemente da contagem final dos votos, pode-se desde já dizer que a OGBL é e continuará a ser a maior força sindical do país, bem como em muitas empresas e setores. A OGBL é o sindicato maioritário em setores como a Saúde e os Serviços Sociais (50%), administrações públicas (44%, empregados públicos, mas sem estatuto de funcionários públicos), Indústria (34%), Limpeza (24%), Construção (21%), Comércio (20%), Horesca (19%), Agricultura (13%), entre outros (segundo dados do ITM, ainda não finais).

O presidente da OGBL, André Roeltgen, diz-se satisfeito com o resultado das eleições. Em declarações à imprensa, sublinhou a progressão da central sindical em setores como a Saúde, os Serviços Sociais, o Ensino Superior e a Investigação, ou nas administrações públicas. Na Universidade do Luxemburgo, na Administration des Ponts et Chaussées e no Centro Hospitalar do Norte, por exemplo, a OGBL é o único sindicato presente.

André Roeltgen salientou ainda os bons resultados conseguidos no setor do Comércio, em que a OGBL era o sindicato líder e saiu reforçando ainda mais a sua posição, com delegações mais fortes onde já existia ou entrando em empresas pela primeira vez. São exemplos desta progressão empresas como o Cactus, Auchan, Match, Cora, Naturata, Zara, H&M, JBC, Bram, C&A, Adler, MS Mode, Etam, Veritas, Chanel, entre outras.

No setor da Energia, André Roeltgen felicita-se por a OGBL ter roubado a maioria ao LCGB na delegação da maior empresa do setor, a Encevo.

Espera-se que nos próximos dias sejam conhecidos todos os resultados destas eleições.

Os resultados da eleição para a Chambre des salariés (CSL) estão, por seu lado, a ser escrutinados pelo Ministério do Trabalho e deverão ser divulgados no final do mês de março ou no início de abril.

Já abriram inscrições para as Jornadas de Informação sobre Pensões (permanências sociais)

A OGBL informa todos os seus membros e todos os trabalhadores portugueses do Luxemburgo que abrem hoje as inscrições para as Jornadas de Informação sobre Pensões, organizadas pelo CNAP (Caisse Nationale d’Assurance Pension du Luxembourg) e pelo CNP (Centro Nacional de Pensões de Portugal) de 1 a 3 de abril de 2019 na cidade do Luxemburgo, e no dia 4 de abril em Esch-sur-Alzette.

À semelhança de 2011, 2013, 2015 e 2017, estas jornadas de informação, lançadas por iniciativa da OGBL, voltam a ter lugar pela quinta vez, agora sob a denominação “Permanências Sociais”, mas o objetivo será o mesmo das anteriores edições.

Funcionários das Caixas de Pensões dos dois países vão estar presentes para dar informações e conselhos sobre pedidos de pensões, bem como para emitir o formulário E205 aos futuros pensionistas que dele necessitam para introduzir os seus pedidos de reforma.

Assim, as consultas dirigem-se em prioridade aos cidadãos portugueses que trabalham no Luxemburgo e que: têm uma carreira mista em Portugal e no Grão-Ducado; têm mais de 50 anos de idade; precisam de informações ou esclarecimentos relativos aos seus direitos à pensão.

Horários e locais das consultas:

– no dia 1 de abril de 2019, das 11h00 às 14h00 e das 16h00 às 19h00

– nos dias 2 e 3 de abril de 2019, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00

na Caisse Nationale d’Assurance Pension du Luxembourg (1a, Boulevard Prince Henri), na cidade do Luxemburgo;

– no dia 4 de abril de 2019, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00, no mesmo edifício das permanências consulares (sede do Rancho Folclórico Províncias de Portugal, a antiga alfândega, no boulevard Prince Henri), em Esch-sur-Alzette.

As consultas são feitas exclusivamente por marcação. As pessoas interessadas devem contactar a CNAP através do telefone (00352) 224141-6464 devendo fornecer as seguintes informações pessoais: Nome e Apelido / Data de nascimento / Morada atual / Número da Segurança Social do Luxemburgo / Número da Segurança Social de Portugal (NISS).

A OGBL mostra-se preocupada e questiona-se se quatro dias são suficientes para resolver entre 400 a 600 dossiês considerados urgentes, e mais cerca de 1200 em espera de reposta.

———————

SEW/OGBL apoia estudantes na Greve Geral pelo Clima

Nesta sexta-feira, 15 de março, os alunos do Luxemburgo – conscientes das consequências desastrosas das alterações climáticas para as gerações futuras e face à inação dos governos – participam na iniciativa “Global strike for future”, uma greve geral global pelo clima e pelo futuro, organizada por diversas organizações em numerosos países do mundo.

Neste momento crucial para o nosso planeta, o Sindicato Educação e Ciências (SEW) da OGBL só podia apoiar os alunos na sua ação. Greta Thunberg, a jovem sueca, militante do clima, tem efetivamente razão quando apela à greve dos alunos e estudantes afirmando que “de nada serve estudar se o planeta agoniza”.

Solidário com o movimento “Os docentes pelo planeta”, o SEW apela todos os professores do Grão-Ducado, tanto da escola fundamental como do ensino secundário, a apoiar os alunos na sua luta por um futuro melhor e de não os impedir de participar nesta greve, nem em outras eventuais ações nas próximas semanas ou meses.

=> A OGBL explica e informa. A OGBL é a n°1 na defesa dos direitos e dos interesses dos trabalhadores e dos reformados portugueses e lusófonos. Para qualquer questão, contacte o nosso Serviço Informação, Conselho e Assistência (SICA), através do tel. 26 54 37 77 (8h-17h) ou passe num dos nossos escritórios: 42, rue de la Libération, em Esch-sur-Alzette; 31, rue du Fort Neipperg, na cidade do Luxemburgo; e noutras localidades. Saiba onde se situam as nossas agências no Grão-Ducado e nas regiões fronteiriças em www.ogbl.lu.