De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

Não houve Taça entre Porto e Sintrense

Num jogo de sentido único, o FC Porto conseguiu sexta-feira o apuramento para a próxima fase da Taça de Portugal, ao vencer o Sintrense, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da prova.

Sérgio Oliveira, com dois golos e uma assistência, foi o melhor jogador da equipa de Sérgio Conceição. O médio marcou aos 17 e aos 27 minutos, e Evanilson imitou-o, com golos aos 56 e 69. O 5-0 final foi conseguido por Toni Martínez (76), naquele que foi o segundo golo do avançado na ‘prova rainha’ com as cores do FC Porto.

Os primeiros 10 minutos de jogo foram de domínio completo do FC Porto, esmagador na posse de bola, mas sem criar oportunidades de perigo.

À beira dos 15 minutos, Tahar deixou escapar a bola, Pepê assistiu Francisco Conceição, mas o jovem não conseguiu concretizar. Era o aviso para o que estava para vir, com o FC Porto a adiantar-se no marcador aos 17.

Tahar voltou a comprometer na saída para o ataque, o FC Porto recuperou a bola e Sérgio Oliveira, em zona central, encontrou espaço para o remate e atirou fortíssimo para o primeiro da noite.

Aos 27 minutos, em mais uma recuperação de bola na zona defensiva do Sintrense, o FC Porto fez o 2-0, novamente por Sérgio Oliveira. Gabriel Castro deixou-se antecipar por Pepê, o brasileiro variou rapidamente o flanco e Francisco Conceição rematou para defesa de Diogo Garrido, que já caído nada pode fazer perante a recarga de Sérgio Oliveira, que bisou no jogo.

O intervalo fez bem ao Sintrense, que entrou na segunda parte mais personalizado, sem medo de ter bola e a dividir, pela primeira vez no encontro, a iniciativa de jogo com os ‘dragões’.

Contudo, aos 55 minutos, Evanilson acabou com quaisquer dúvidas e fez o 3-0 para o FC Porto. Sérgio Oliveira, com um passe fantástico, deixou o brasileiro frente a frente com Garrido e o avançado fez o seu primeiro golo esta época.

Evanilson viria a bisar minutos mais tarde, aos 69, num lance de muita confusão na área sintrense e em que o avançado brasileiro acabou por empurrar a bola para a baliza depois de o defesa ter tentado o corte contra as suas pernas.

Com o Sintrense ‘de rastos’, o FC Porto nunca serenou e Toni Martínez também colocou o nome na lista de marcadores. Aos 76, na sequência de um cabeceamento de Francisco Conceição, o avançado espanhol não teve rodeios e rematou à meia volta para o fundo das redes da baliza à guarda de Garrido, fazendo o 5-0 final.