De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Moda infantil portuguesa na feira de Madrid

A partir desta sexta-feira, participam em mais uma edição da FIMI, a feira internacional de moda infantil de Madrid várias empresas portuguesas do setor.

Já a pensar na estação primavera/verão de 2019, as seis empresas portuguesas que integram a comitiva da Associação Selectiva Moda no âmbito do projeto From Portugal partem com o objetivo de imporem a sua presença entre os 200 expositores presentes a nível internacional.

Durante os três dias de feira, de sexta a domingo, são esperados no Pavilhão de Cristal da Casa de Campo milhares de compradores. Para além do público espanhol, estarão também presentes profissionais de vários países da União Europeia, da América Latina, de África e do Médio Oriente.

Entre as marcas portuguesas participantes, a Chua será uma das mais experientes, depois de já ter participado em quatro edições da FIMI. Olímpia Teixeira, diretora de marca, afirma já ter a coleção preparada para a próxima primavera/verão. Jerseys, malhas tricotadas e a utilização de algodão orgânico serão as suas principais apostas, com o objetivo de conquistar novos clientes, especialmente na América Latina. “Vamos à FIMI para encontrar compradores de países de língua espanhola, Espanha é um país mais conservador e não aceita tão facilmente a entrada de marcas estrangeiras” afirma a representante da Chua.

Alzira Oliveira, CEO da Piccola Speranza, salienta também a importância da presença de compradores internacionais no certame. “Queremos aumentar a notoriedade da marca a nível internacional e expandir para novos mercados e contamos que a FIMI nos ajude nesse sentido” afirma a empresária. A marca estará de volta ao evento depois de um período de interregno e espera contactar com muitos clientes Ingleses, onde já é uma marca estabelecida.

A BEPPI Kids leva na bagagem “linhas para Primavera / Verão 2019” para um mercado “bastante importante visto que o volume de exportação da BEPPI é bastante considerável para Espanha e é uma aposta para podermos trabalhar mais e melhor noutros mercados que visitem a FIMI”, afirma Nuno Maia, diretor da empresa.

A Bogoleta Couture (na foto) espera surpreender o mercado internacional com a apresentação de um tecido próprio. “Esta coleção será a primeira onde decidimos arriscar num tecido nosso. Desenhado, criado e pensado por e para a Bogoleta Couture, um tecido que reflete a nossa imagem” adianta José Rocha, representante da marca.

Mais focada no mercado do bebé, a Baby GI vai apresentar em Madrid uma coleção de vestuário e de puericultura têxtil. Sónia Brito, designer da marca, apostou essencialmente em tons suaves, com a expectativa de conseguir abrir portas no mercado espanhol, sul-americano e britânico: “A nossa expectativa é receber os nossos clientes já fidelizados e angariar clientes novos, como a Baby Gi é uma marca muito jovem, tem um forte potencial de crescimento”.

Estará ainda presente como expositor a Lion of Porches.