De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Luxemburgo reforça medidas para o Covid-19

O governo luxemburguês anunciou o reforço do plano de contingência para fazer face ao surto de Covid−19. Em conselho de ministros foram definidas cinco novas medidas para enfrentar o novo coronavírus, que entrarão em vigor na próxima segunda-feira. A informação foi anunciada em conferência de imprensa, pelo primeiro-ministro, Xavier Bettel, pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, pelo ministro das Classes Médias e do Turismo, Lex Delles, e pelo ministro da Economia, Franz Fayot.

A partir de dia 16 de março estão proibidos no Grão-Ducado todos os eventos que juntem mais de mil pessoas. As maisons médicales passarão a estar abertas durante o dia. O sistema de chômage partiel, será alargado a todos os setores de atividade de forma a dar mais opções às empresas para se protegerem.

A juntar a estas medidas há mais duas acerca das quais se esperam mais detalhes nos próximos dias. A primeira refere-se às escolas, que poderão mesmo ser encerradas. Nesse caso um dos encarregados de educação beneficiará do estatuto de congé pour raisons familliales, de forma a ficar em casa com os filhos sem ser prejudicado.

A outra medida que ainda aguarda definição é a das consultas médicas por telefone, que o governo luxemburguês procura generalizar junto dos médicos de clínica geral.

Recorde-se que em caso de sintomas os residentes no Luxemburgo devem ligar para a linha de apoio 8002 80 80 ao invés de ir às urgências ou ao consultório médico.