De que está à procura ?

Portugal

Jornadas parlamentares do PS abriram com presença luxemburguesa

© Luís Cruz / BOM DIA

A rentrée parlamentar do PS, em Leiria, este ano, contou com a presença do Partido Socialista do Luxemburgo (LSAP).

“Foi uma iniciativa inovadora e fantástica, sinal do excelente relacionamento entre os dois partidos e da importância da comunidade portuguesa no Luxemburgo”, disse o deputado Paulo Pisco.

O deputado partilhou nas redes sociais a fotografia acima com Eurico Brilhante Dias, Yves Cruchten, João Torres, Edite Estrela, Francisco César, Capoulas Santos, Miguel Costa Matos, Dan Biancalana, Tom Jungen, Marsbdi Bartolomeo, Alex Bodry, Cecile Hemmen e Lydia Mutsch.

A direção da bancada do PS, liderado por Eurico Brilhante Dias, reuniu com o grupo parlamentar do Partido Socialista do Luxemburgo, liderado por Yves Cruchten e com a presença de Jean Asselborn, ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês. Também participaram Capoulas Santos e Francisco César.

“Uma reunião histórica e muito importante que reforça a ligação entre os partidos e entre os países e são uma enorme valorização da comunidade portuguesa no Grão-Ducado”, afirmou Paulo Pisco. O deputado revelou que na reunião foram abordadas questões bilaterais e matérias de interesse da comunidade como emprego, tais como “formação profissional e ensino e a necessidade de valorizar a língua portuguesa e a população escolar portuguesa”.

As jornadas dos socialistas foram abertas este domingo pelo líder parlamentar do PS que prometeu ao primeiro-ministro lealdade política e institucional, mas também uma bancada com espírito de iniciativa e que procurará garantir que a escolha feita nas últimas eleições é integralmente respeitada.

Eurico Brilhante Dias falava num jantar que abriu as Jornadas Parlamentares do PS, que irão decorrer até terça-feira, no distrito de Leiria, círculo eleitoral pelo qual foi eleito deputado socialista nas últimas legislativas. Nas jornadas esteve presente uma delegação de deputados socialistas luxemburgueses.

Tendo a ouvi-lo o líder do seu partido e primeiro-ministro, António Costa, que depois encerrou a série de discursos, o presidente do grupo parlamentar do PS deixou a seguinte mensagem: “Ao Governo que apoiamos, que tem como programa o programa eleitoral do PS, que todos os dias trabalha para melhorar as condições de vida dos portugueses, não apenas prometemos a lealdade política e institucional devida”.

Luís Cruz / BOM DIA

“Prometemos trabalho diário, capacidade de iniciativa, capacidade de pensar pela nossa própria cabeça para ajudarmos a construir um país melhor, garantindo que a escolha de 30 de janeiro é integralmente respeitada”, completou.

No seu breve discurso, que antecedeu o do secretário-geral socialista, António Costa, o presidente do grupo parlamentar do PS recebeu palmas quando considerou que os 120 deputados da sua bancada “representam a estabilidade política” do país.

“Todos os dias, na Assembleia da República, os deputados garantem que a confiança depositada no PS e em António Costa como primeiro-ministro é respeitada. Neste cinco meses, viabilizámos o programa eleitoral, agora Programa do Governo, aprovámos um Orçamento que os portugueses quiseram que aprovássemos e derrubámos uma moção de censura”, sintetizou.

Em relação ao programa das jornadas, após fazer referência às características económicas e sociais diversas do distrito de Leiria, Eurico Brilhante Dias destacou as questões do combate à violência doméstica e do objetivo de criação de “mais oportunidades para fixar população”.

Um objetivo que considerou essencial para dar oportunidades aos mais jovens e tornar sustentável a Segurança Social.

“Esse foi o compromisso que assumimos coletivamente. É um compromisso que nos agarra à cadeira do hemiciclo e que nos convoca para um trabalho mais próximo das pessoas”, acrescentou.

Luís Cruz / BOM DIA

TÓPICOS