De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Holanda abate milhares de martas com covid-19

O Ministério da Agricultura dos Países Baixos anunciou na quarta-feira que iriam ser abatidas “mais de 10 mil martas” em diversas quintas onde foram detetados casos positivos de covid-19, para impedir que se tornem fontes de contaminação. Na quinta-feira, dois grupos de defesa dos animais recorreram ao tribunal na tentativa de travar esta medida, mas na sexta-feira à noite a justiça indeferiu o pedido.

Neste sentido, o abate dos animais “começou hoje numa quinta de martas em Deurne”, no sul do país, anunciou a porta-voz da Autoridade Neerlandesa de Segurança Alimentar e Produtos de Consumo (NVWA, sigla original), Frederique Hermie.

“Esta empresa tem cerca de 1.500 fêmeas e, cada uma, tem quatro a cinco crias”, adiantou Frederique Hermie à France Press (AFP) que explicou que o método para o abate passa pelo uso de monóxido de carbono.

Segundo a porta-voz, o abate, nas outras nove quintas contaminadas, continuará no decorrer da semana.

Em maio, as autoridades estabeleceram que dois funcionários dessas quintas tinham “muito provavelmente” contraído a covid-19 através destes animais.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes dois funcionários infetados poderão ser “os primeiros casos conhecidos de transmissão” do novo coronavírus do animal para o Homem.

Posteriormente, o Governo proibiu o transporte destes animais e tornou obrigatório o teste da covid-19 em todas as quintas de criação de martas, que têm como objetivo a produção de peles.