De que está à procura ?

Desporto

Grande jogo entre as duas equipas de Manchester

O internacional inglês Phil Foden foi o herói no dérbi de Manchester, com dois golos que ajudaram o City a vencer em casa o United (3-1), em jogo da Liga inglesa de futebol que esteve a perder.

O jogo grande da 27.ª jornada passava por Manchester, já depois de o líder Liverpool ter vencido no sábado na deslocação a casa do Nottingham Forest (1-0) e tinha deixado a pressão no lado dos ‘citizens’, que passavam a estar a quatro pontos.

No Ettihad, o tricampeão City entrou a mostrar que queria assumir o jogo, mas um golo contra a corrente deixou a equipa de Pep Guardiola durante boa parte do jogo a correr atrás de um resultado adverso.

No lance, aos oito minutos, o guarda-redes Onana fez valer o seu bom jogo de pés para deixar num passe longo a bola em Bruno Fernandes, com o português a contemporizar e a assistir Rashford, para um grande golo.

O avançado dos ‘red devils’ rematou forte ainda de fora da área, levando a bola a entrar junto ao travessão da baliza de Ederson.

A partir daqui, o campeão City perdeu alguma confiança e capacidade de decisão, embora Onana tenha ainda brilhado, a travar remates de Foden e Rodri, enquanto Erling Haaland teve, muito perto do intervalo, uma perdida inacreditável junto à pequena área.

No segundo tempo, o Manchester City conseguiu reentrar cedo na discussão do resultado, também com um grande golo de Phil Foden, aos 56 minutos, com o extremo a fugir a partir da direita e a encontrar espaço no meio para um remate de fora de área.

Aos 80 minutos, o mesmo Phil Foden, segundo melhor marcador do campeão, apareceu no lado esquerdo, assistido por Julian Alvarez, para consumar a reviravolta com um remate cruzado ao poste mais distante de André Onana.

Já nos descontos, com nova assistência de Rodri, Erling Haaland ainda foi a tempo de se redimir do falhanço no final da primeira parte e ‘descansou’ o Manchester City com o terceiro golo, aos 90+1 minutos.

No United, além de Bruno Fernandes, também Diogo Dalot foi, como habitualmente, titular, enquanto no City Bernardo Silva e Ruben Dias estiveram, igualmente, em campo os 90 minutos, e Matheus Nunes foi suplente não utilizado.

O triunfo volta a colocar o Manchester City a um ponto do Liverpool, a uma semana de visitar os ‘reds’, em jogo da 28.ª jornada.

O Liverpool tem 63 pontos, seguido de Manchester City, com 62, e de Arsenal, com 58, sendo que os ‘gunners’, adversários do FC Porto na Liga dos Campeões, têm um jogo em atraso, a disputar na segunda-feira em casa do Sheffield United.

Também hoje, o Burnley, afundado no 19.º e penúltimo lugar, perdeu em casa com o Bournemouth (13.º), por 2-0.

TÓPICOS

Siga-nos e receba as notícias do BOM DIA