De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Este é o logo da candidatura coimbrã a Capital da Cultura

Já é conhecida a imagem oficial da candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura 2027. O vencedor do concurso público da Câmara Municipal de Coimbra é Paulo Leal, tendo a sua imagem sido desvendada durante um evento online, transmitido do Convento São Francisco, em Coimbra, para todo o mundo.

No momento, foram tornados públicos, também, o vídeo oficial da candidatura, algumas linhas gerais deste projeto e os destaques da programação cultural de Coimbra para o segundo trimestre de 2021, que integra o “Semestre Europeu – a Europa em Coimbra 2021”.

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, sublinha que “esta candidatura quer ser uma marca”. O autarca destaca, ainda, que “a cidade e a região estão, agora, juntas, em cooperação, a lançar uma semente que se quer preservar mesmo após 2027”. Já a vereadora da Cultura, Carina Gomes, destaca “o trabalho de excelência da equipa que está envolvida no projeto” e, ainda, “as importantes decisões que estão a ser tomadas em Coimbra a pretexto desta candidatura, como sejam a terceira edição do Orçamento Participativo, com uma dotação de 500 mil euros, dedicada à candidatura de Coimbra a CEC2027, a criação do Conselho Municipal de Cultura ou, ainda, a abertura do Centro de Arte Contemporânea de Coimbra”.

Luís de Matos, coordenador do Grupo de Trabalho da candidatura, afirma, por sua vez, que “este projeto faz-nos acreditar num amanhã melhor por via da cultura”. Luís de Matos destaca, ainda, a candidatura de Coimbra, referindo-se a ela como “a candidatura de uma região coesa a todos os níveis, nomeadamente cultural, a candidatura de uma região arco-íris, que congrega em si o verdadeiro espírito cultural”.

O rio e a forma como ele avança e molda a cidade foi o ponto de partida para a conceção do logótipo vencedor, da autoria de Paulo Leal. A dinâmica do Mondego assume-se como a matéria-prima que fundamentou toda a linha criativa, linha essa que pretende representar, agora – através do contorno do rio, mas de uma forma segmentada – um natural desdobramento em novas correntes, as “Correntes de Mudança” que estão a ser protagonizadas, também, com esta candidatura.

Acrescente-se que a apresentação contou, ainda, com diversas atuações musicais – de artistas como Aurea, Pedro Abrunhosa, André Sardet, o Grupo de Fados de Coimbra e Marisa Liz com Tiago Pais Dias –, algumas a partir do emblemático Convento São Francisco, outras dos estúdios dos próprios artistas, e sempre no cumprimento das medidas de contingência da pandemia da COVID-19.

#portugalpositivo

 

Facebook Comments Box