De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Comunidades

Conhece Luís Filipe?

Por trás de @lfilipecr está Luís Filipe, um fisioterapeuta natural de Santa Maria da Feira. Voltou a estudar depois de quatro anos como fuzileiro, e, após trabalhar na Ilha Terceira como fisioterapeuta, sentiu algo, “o mundo chamava por mim  e passado um ano e meio mudei-me para Inglaterra, onde já estou há três anos e meio, já vivi em Leicester e atualmente estou em Brighton” conta.

Luís diz que emigrar foi uma opção natural, “sempre adorei conhecer o mundo e outras culturas e maneiras de ver a vida”.

Considera Portugal como o seu eterno cantinho, “é o lar que me criou e sempre me acolheu, onde ainda tenho parte dos meus amigos e a maior parte da minha família, mas num futuro próximo não me vejo a voltar, a não ser para visitar a família e os amigo, possivelmente na altura da reforma. Felizmente sou afortunado o suficiente para dizer que a minha família está bem, o que me deixa menos preocupado com o voltar mais cedo.”

Ser português no mundo, para Filipe, é “mostrar orgulhosamente como um país tão pequeno consegue elevar-se e dar cartas num mundo tão competitivo, mostrar que em muitas situações não importa seguir o “by the book” mas sim o desenrasca. Acho que qualquer pessoa que vai para outro país em que não fala a mesma língua, não tem a família nem os amigos, e mesmo assim consegue singrar, mostra o quanto uma pessoa quer algo.”

Luís tem o Porto como cidade favorita, “não só porque foi onde nasci e vivi a maior parte da minha vida, mas também pela mística e a energia que as pessoas de lá têm que não se consegue descrever” justifica.

Passa o seu tempo livre em passeios à beira mar a apreciar o pôr do sol, a fazer paddle boarding, a desfrutar com amigos, a  fazer trekkings, a “alternar entre descobrir o Reino Unido e o resto do mundo, viajar espontaneamente e viver o momento” resume.

Vive numa cidade que adora, trabalha no que gosta, sente-se com uma boa qualidade de vida e ” reconhecido pelo o que faço”.

Está atento ao universo do FCP e a tudo o que seja de positivo em Portugal, “o meu filtro já me faz ignorar o resto das notícias que venham com uma conotação negativa, isto seja em Portugal ou no resto do mundo. “