De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Colunistas

Condeixa: antigo Palácio dos Almeidas

Numa zona rica em património natural e histórico, é de salientar a existência de vários pequenos palácios na região de Condeixa-a-Nova, nomeadamente o antigo palácio dos Almeidas. Este foi desde o século XIX uma hospedaria e atualmente é um hotel de quatro estrelas confortável.

Nos dias de hoje, a população da região não só se dedica à agricultura, mas também à indústria. Esta região verde vai crescentemente apostando no turismo. Um hotel dá vida ao antigo edifício construído no século XVI. Durante alguns anos a ENATUR e atualmente a fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional), apostaram na criação de um estabelecimento hoteleiro de qualidade e quantidade.

No antigo Palácio dos Almeidas foram recebidas várias personalidades da antiga nobreza e realeza. Deixando aos hóspedes e visitantes a tarefa de imaginar histórias sobre este palácio, ou ainda melhor, de investigar a veracidade.

O diretor do hotel, José Miguel informou que o estabelecimento hoteleiro aposta num turismo com propósito social. Numa entrevista, José Miguel respondeu às perguntas do BOM DIA.

“ Esta fundação (ADFP) é uma instituição sem fins lucrativos que investe no turismo como forma de obter receita capaz de financiar as suas respostas sociais de apoio e integração a vários públicos vulneráveis como são as pessoas portadoras de deficiência física ou mental, mulheres vítimas de maus tratos, crianças sem oportunidades junto das suas famílias, idosos em fim de vida, sem abrigo, etc.
A maior parte dos clientes são, hoje em dia, estrangeiros: americanos, asiáticos, franceses, espanhóis, belgas, holandeses e australianos. Paralelamente com o aumento de turistas portugueses, gostaríamos de ter uma presença cada vez maior de clientes brasileiros e oriundos da Europa.

Somos um hotel de charme que quer ser apelativo para famílias jovens e seniores. Aqui gostamos também de receber aventureiros que se lançam na descoberta dos caminhos de Santiago e caminhos para Fátima adeptos de trilhos pedestres e que querem percorrer o Sicó e a Serra da Lousã. Paralelamente, gostaríamos de reforçar a nossa presença no setor corporativo e na organização de eventos familiares.”