De que está à procura ?

Comunidades

Comunidade portuguesa de Toronto unida para encontrar António Madeira

© DR

As autoridades canadianas e família estão à procura de um emigrante português, de 74 anos, desaparecido no norte de Toronto desde a passada semana. 

“António Madeira foi visto pela última vez na passada terça-feira, dia 12 de julho, entre as 10h30 e as 11h00, na área da Winona Drive e da Mulberry Crescent”, anunciou a polícia de Toronto numa nota à imprensa.

Contactado pela agência Lusa, o filho de António Madeira, Michael, disse que a família “está muito preocupada com a segurança” do seu pai.

“Os médicos têm alertado que ele um dia podia vir a ter algum problema relacionado com demência. Suspeitamos que este desaparecimento possa estar na origem desse mesmo primeiro episódio”, lamentou. 

António Madeira chegou ao Canadá no princípio da década de 1970, proveniente de Freixo de Espada à Cinta (distrito de Bragança).

Visto que a sua mãe não tem estado em casa, por ter ido visitar a irmã e a família, Michael Madeira passou por casa do pai mais regularmente nas últimas semanas.

As últimas vezes que tal aconteceu, foi no dia 13 de julho, pelas 13h30, e às 15h00, mas António “já não se encontrava em casa”.

Após aguardar até às 22h00, a família decidiu então contactar a polícia, para notificar o desaparecimento.

Um dos desafios que o septuagenário tem pela frente “é a barreira da língua, visto que não domina bem o inglês”.

Além do português, o homem desaparecido também percebe espanhol e italiano.

Madeira tem “1,65 metros de altura, 68 quilos, uma constituição magra, pele bronzeada, quase careca, com apenas alguns cabelos brancos curtos e uma barba completamente branca”.

Na última vez que foi visto, no dia 12, estaria a vestir um casaco preto ou escuro, calças claras, sapatos brancos ou claros e um boné de beisebol.

Vários familiares e amigos têm-se reunido para efetuarem buscas diárias.

De acordo com a polícia de Toronto, uma pessoa pode ser dada com desaparecida a qualquer altura, não sendo necessário aguardar 24 horas.

As autoridades pedem a quem tiver alguma informação relacionada com o paradeiro de António Madeira, que as contactem através do número 416.808.1300. 

TÓPICOS