De que está à procura ?

Mundo

Canadá, Austrália e Argentina voltam à lista vermelha da UE

O Conselho da União Europeia retirou Canadá, Argentina e Austrália da lista de países ‘seguros’ para os quais recomenda o gradual levantamento das restrições de viagens não essenciais para a Europa, após reavaliação da situação epidemiológica da covid-19.

Em comunicado, o Conselho anuncia que, no quadro das revisões regulares que efetua ao abrigo da recomendação sobre o levantamento gradual das restrições temporárias às viagens não essenciais para a UE, atualizou a lista de países, regiões administrativas especiais e outras entidades e autoridades territoriais relativamente aos quais as restrições de viagem devem ser levantadas, tendo decidido retirar desta lista a Argentina, a Austrália e o Canadá.

A lista de países terceiros que a UE considera seguros a nível da pandemia da covid-19 e para os quais recomenda a autorização de viagens não essenciais passa assim a contar apenas com 13 países, designadamente Bahrein, Chile, Colômbia, Indonésia, Kuwait, Nova Zelândia, Peru, Qatar, Ruanda, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos e Uruguai.

A estes países acresce a China, mas sujeito a confirmação de reciprocidade (de levantamento de restrições de viagens por parte de Pequim a cidadãos da UE), e as regiões administrativas de Macau e Hong Kong.

O Conselho, que procede a cada duas semanas a revisões regulares da lista, tendo em conta a situação epidemiológica da covid-19 em cada país terceiro, lembra que as viagens não essenciais para a UE de países ou entidades não enumeradas na lista estão sujeitas a restrições temporárias de viagem, o que não impede os Estados-membros de levantarem a restrição temporária de viagens não essenciais para a UE para viajantes totalmente vacinados contra a covid-19.

TÓPICOS