De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Comunidades

Atividades em português animam Hamburgo

A quarta edição do projeto “Lusitaníadas”, que decorre no sábado, em Hamburgo, com a participação de 140 alunos de português, pretende, com várias atividades, promover a língua e aproximar as comunidades.

O projeto teve início em 2016, em Hanôver, com a participação de três professores. Na quarta edição das “Lusitaníadas”, serão 11 os docentes e 140 alunos envolvidos, em atividades que vão desde jogos de futebol, à dança, e até um concurso de talentos. Tudo em português.

“O projeto surgiu da necessidade de promover os cursos de português, de ir ao encontro dos interesses dos alunos pela língua, envolvendo os pais, os encarregados de educação e a própria comunidade onde as atividades têm decorrido”, descreve à agência Lusa, Rui Vicente Azevedo, coordenador do ensino do português na Alemanha.

“Temos alunos de 18 localidades da área consular de Hamburgo representadas nas ‘Lusitaníadas’. A atividade e o envolvimento dos professores com os seus alunos têm tido muito êxito. Os professores preparam-nos, sempre em língua portuguesa. Mas há também um interesse crescente da comunidade porque também há mais localidades envolvidas”, explicou, justificando assim o crescimento do projeto.

A manhã é dedicada ao desporto, com torneios de várias equipas de futebol mistas. A tarde destina-se ao canto, dança, desenho, música, teatro e leitura, com um concurso de talentos que é “sempre muito concorrido”.

“É uma forma de promovermos os nossos cursos. Já tenho dito que há uma tendência para a diminuição do número de alunos, apesar de acreditar que este ano esse valor se possa estabilizar ou até subir ligeiramente, ainda é cedo para dizer. As ‘Lusitaníadas’ são uma forma de cativar os alunos que já são nossos, mas também potenciais novos alunos. É uma maneira de promover o interesse pela nossa língua”, sublinha Rui Vicente Azevedo.

Depois de Hanôver, Osnabrück e Bremen, este ano é a vez de Hamburgo. Mas o coordenador do ensino do português na Alemanha não esconde a vontade de alargar a iniciativa a mais estados do país.

“Gostávamos de ampliar as ‘Lusitaníadas’ mas é complicado, essencialmente porque, se for muito longe, os pais e encarregados de educação têm alguma dificuldade em deslocar-se até ao local. É difícil gerir uma atividade que surgiu numa determinada zona da Alemanha e alargá-la a outros estados porque a ideia é que todos os alunos participem, independentemente da origem geográfica. Para já temos centralizado tudo no norte da Alemanha”, sustenta o coordenador do ensino do português neste país.

A atividade, que surge em colaboração com a comunidade portuguesa local, as Comissões de Pais e ainda a Embaixada de Portugal em Berlim e o Consulado-Geral de Portugal em Hamburgo vai contar também com a presença do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira.

Durante as “Lusitaníadas” vai decorrer a ação promocional “Jornadas estudar e investigar em Portugal” para informar os jovens da comunidade e lusodescendentes sobre as oportunidades oferecidas no ensino superior em Portugal, incluindo a quota dedicada de 7% de acesso.

A 4.ª edição das “Lusitaníadas” está marcada para o próximo dia 25 (sábado), na cidade de Hamburgo, no norte da Alemanha.