De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Art Paris disponível ‘online’ com forte presença portuguesa

Obras de artistas portugueses como Nadir Afonso, Júlio Pomar ou Julião Sarmento são exibidas na Art Paris 2020, numa edição 100% digital com mais de um milhar de artistas de vinte países. Todos os anos, a feira reúne obras apresentadas por cerca de 150 galerias internacionais, cobrindo a arte do período pós-guerra até à atualidade, num horizonte geográfico que vai da Europa à Ásia, passando ainda pelo Médio Oriente e América Latina.

Este ano, devido às restrições exigidas pelo governo francês no combate à pandemia de covid-19, que proíbe os ajuntamentos de pessoas até meados de julho, a Art Paris decidiu apresentar a 22.ª edição exclusivamente ‘online’.

Até domingo, os visitantes poderão ter acesso a conteúdos digitais originais apresentados pelas galerias participantes e por outras instituições ligadas à arte, nomeadamente a Fundação Calouste Gulbenkian em Paris.

Galerias portuguesas como a São Mamede ou a Galeria Foco, ou a Galeria Jeanne Buchner Jaeger, também com espaço em Lisboa, apresentam na sua seleção de artistas, criações portuguesas de artistas de várias gerações.

Nadir Afonso (1920-2013), Júlio Pomar (1926-1918), Manuel Cargaleiro, Jorge Queiroz, Julião Sarmento, Rui Moreira, Paula Guimarães, Miguel Branco, e Ana + Betânia (Ana Cruz e Maria de Betânia), são alguns dos artistas portugueses com obras de arte exibidas na feira.

O casal de artistas Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992) e Arpad Szenes (1897-1985), que residiram grande parte da vida em França, têm também obras representadas na edição deste ano da Art Paris.

Também surgem criações de artistas do Brasil como Os Gémeos, Sergio de Camargo (1930-1990), Rosana Ricalde, João Galvão, ou Caetano de Almeida.

Além destes, há obras de artistas que tiveram uma forte ligação a Portugal, como Sonia Delaunay (1885-1979), de origem russa, mas que viveu a maior parte da vida em Paris, tendo também passado alguns anos em Portugal, onde, com o marido, o também artista Robert Delaunay, conviveu com artistas portugueses como Amadeu de Souza-Cardoso e Eduardo Viana.

Os visitantes poderão ainda encontrar ‘online’ obras em pintura, desenho, fotografia, objetos ou escultura de artistas como Salvador Dali, Damien Hirst, Louise Bourgeois, Pierre Bonnard, Henri Cartier-Bresson, Georges Braque ou David Hockney.

#portugalpositivo