De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Motores

Alemanha testa autoestrada elétrica para camiões

A Siemens já tem em atividade uma solução para reduzir a quantidade de poluição produzida pelo transporte de mercadorias fora dos centros urbanos, reduzindo o consumo de combustíveis fósseis. Depois de ter testado o conceito da eHighway nos Estados Unidos e na Suécia, uma nova autoestrada elétrica foi inaugurada na Alemanha, com o apoio do Ministério Federal do Ambiente e de vários estados alemães.

O conceito destas auto-estradas passa por instalar linhas elétricas, como num caminho-de-ferro, sobre uma faixa da auto-estrada. Todos os camiões que estiverem equipados com o sistema eHighway da Siemens, montado no tejadilho, vão poder conectar-se a estas linhas elétricas e poupar combustível, com a energia transmitida a uma bateria, onde é acumulada. A Scania vai fornecer cinco camiões de testes para circularem num troço do estado de Hesse, que vão estar em ação até meados do próximo ano. Além de Hesse, no centro-oeste da Alemanha, o sistema eHighway também vai ser testados em auto-estradas no Schleswig-Holstein, no norte do país, e no Baden-Württemberg, no sul. O projeto teve um investimento inicial de 14,6 milhões de euros, e deverá custar mais 15,3 milhões, só em Hesse. Os testes vão continuar em 2022.

A Siemens já tinha colocado projetos semelhantes em testes na Suécia, onde foram usados camiões Scania, e nos Estados Unidos, no porto de Long Beach, onde usou camiões Mack e Kenworth, provando que o sistema é fácil de instalar em várias marcas de veículos pesados. Embora este tipo de instalações tenha um custo elevado para cobrir toda uma rede viária, a auto-estrada elétrica pode ser eficaz para reduzir as emissões poluentes nas principais vias junto a zonas industriais e portuárias, onde há mais veículos e os motores Diesel causam mais danos ao ambiente.