De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Albano Jerónimo e Miguel Amorim na Netflix

Os atores portugueses Albano Jerónimo e Miguel Amorim estão no elenco da série britânica de ficção “The One“, que se estreia a 12 de março na plataforma de ‘streaming’ Netflix.

A informação da estreia internacional desta série de oito episódios foi revelada pela Netflix e partilhada nas redes sociais pelos dois atores portugueses.

De acordo com a produtora britânica Urban Myth Films, “The One” é uma série de ficção científica adaptada da obra literária homónima do autor John Marrs, com a narrativa a partir do pressuposto de que cada pessoa consegue encontrar o par ideal através de um teste genético, de ADN.

Do elenco da série fazem parte, entre outros, Hannah Ware e Dimitri Leonidas, fundadores da empresa MatchDNA, e os portugueses Albano Jerónimo e Miguel Amorim.

Esta será uma estreia para os dois atores portugueses numa produção exibida na Netflix, e uma primeira participação de Miguel Amorim numa obra internacional, depois de ter trabalhado sobretudo em ficção televisiva.

O percurso de Albano Jerónimo fora de Portugal já passou, entre outras produções, pela série “Vikings” e pelo filme “L’enfant”, de Marguerite de Hillerin e Félix Dutilloy-Liégeois, este ainda por estrear.

Outros atores portugueses já marcaram presença em produções de ficção anteriormente exibidas na Netflix, como Pêpê Rapazote, na série “Narcos”, Diogo Morgado, no filme brasileiro “O matador”, e Lídia Franco, no filme “6 Underground”, de Michael Bay.

Destaque ainda para a atriz Alba Baptista, protagonista da série “Warrior Nun” – na qual entrava também Joaquim de Almeida – e para o ator Nuno Lopes, que teve um dos principais papéis da série “White Lines”, onde também entrou Rafael Morais, num papel secundário.

O ator português Dinarte de Freitas teve uma breve participação na abertura de um episódio da terceira temporada da série “Stranger Things”, produzida pela Netflix.

Este ano deverá estrear-se a primeira série portuguesa produzida para aquela plataforma de ‘streaming’, intitulada “Glória”, com realização de Tiago Guedes, ainda sem data confirmada de exibição.

#portugalpositivo