De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Desporto

A Europa do futebol de clubes é inglesa

Tal como a Liga dos Campeões  que vai conhecer uma final entre Liverpool e Tottenham, a Liga Europa terá uma final toda inglesa. A 29 próximo, em Baku, Chelsea e Arsenal discutem o troféu.

O troféu Liga Europa será discutido pela décima vez entre clubes do mesmo país, num histórico que incluiu um F. C. Porto-Braga (1-0), em 2011. Será, também, a segunda vez que a Taça UEFA/Liga Europa será disputada entre clubes inglesas. A primeira foi em 1971-72, quando a final ainda era a duas mãos: Tottenham-Wolverhampton (2-1, 1-1).

Desta vez, será um dérbi de Londres, só mais uma cimeira deste “All England Club” do futebol europeu, exclusivo e completamente inaudito. E logo, tão paradoxalmente, no ano de todos os avanços e recuos Brexit. Em Baku já se servirá o aperitivo para a final da “Champions”, entre o Liverpool e o Tottenham.

E se é assim, foi por um triz, porque o Chelsea viu-se e desejou-se para afastar o Eintracht Franckfurt. Depois do empate na Alemanha (1-1), o reencontro desta quinta-feira, em Londres, parecia muito bem encaminhado para o “blues”, quando Ruben Loftus-Cheek marcou o primeiro golo do desafio. Mas isso era sem contar com a reação da equipa alemã e com o remate do goleador Luka Jovic, que restabeleceu o empate e lançou o jogo para prolongamento. E para os penáltis. Gonçalo Paciência falhou um dos remates pelos alemães e os ingleses foram mais felizes na rifa (4-3).

Nessa altura, já a equipa do Arsenal estava a festejar no Estádio Mestalla. Depois do triunfo da semana passada, em Londres, por 3-1, os “gunners” voltaram a ganhar, por 4-2.

O Valência até esteve a vencer 1-0 e Kevin Gameiro voltou a marcar, para fazer o 2-2, mas o destaque foi todo para Pierre-Ermerick Aubameyang, autor de três dos quatro golos com que os “gunners” construíram um triunfo indiscutível e uma qualificação segura.