De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

União Europeia vai investir mais na “vaga tecnológica”

O comissário europeu Carlos Moedas no Luxemburgo © Ricardo Silva / BOM DIA

A União Europeia vai disponibilizar 410 milhões de euros para atrair investidores privados e assim fazer chegar um total de 2100 milhões de euros a fundos de capital de risco, que por sua vez poderão financiar empresas que desenvolvam tecnologias inovadoras. O mecanismo visa colmatar a falta de capital de risco privado na Europa, onde este sector é substancialmente menor do que nos EUA.

O programa, lançado nesta terça-feira, chama-se VentureEU. Ao todo, seis grandes fundos de capital de risco foram seleccionados para aplicar o dinheiro público e procurar também co-investidores privados. Estes seis fundos deverão depois investir em fundos de capital de risco mais pequenos, que serão os responsáveis por fazer investimentos em empresas, num montante total que a Comissão Europeia espera que chegue aos 6500 milhões de euros.

A medida sublinha a preocupação europeia de não repetir o passado e deixar escapar para os EUA as oportunidades de negócio em áreas de inovação. Os fundos poderão ser aplicados em empresas de vários sectores, mas, na apresentação do programa, a Comissão Europeia destacou áreas as tecnologias digitais e médicas. Na anterior vaga de inovação tecnológica, marcada pela massificação da Internet, a maioria das grandes empresas surgiram do outro lado do Atlântico, como é o caso do Google, Amazon e, mais tarde, do Facebook. Entre as empresas europeias de Internet que tiveram sucesso global estão nomes como o Skype (que nasceu na Estónia e foi comprado pela Microsoft) e o Spotify (que é sueco e entrou recentemente na Bolsa de Nova Iorque).