De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Publireportagens

Tugabox: matar saudades de Portugal com uma caixinha

A Tugabox do mês de julho tinha Sumol de ananás, latas de coentros, biscoitos de azeite e água-mel, sementes de abóbora, azulejos com cheiro a alfazema. A de junho, por ser mês de santos populares, levou sardinhas em lata, flor de sal, os biscoitos em forma de Esses, uma coleção de fotografias do Porto.

Tugabox é uma caixa que sai de Portugal todos os meses para emigrantes que têm saudades do país e estrangeiros que apreciam o que é nosso. É uma caixa surpresa, os destinatários não sabem o que vai lá dentro. Esse abrir a caixa sem saber o que está dentro é essencial neste projeto, explica o Notícias Magazine.

Rita Gomes, licenciada em Gestão de Empresas e com mestrado em Marketing de Serviços, natural de Tomar, a viver em Lisboa desde que entrou na faculdade, tem 36 anos, é a mentora da Tugabox que acumula com o emprego de analista de negócios numa software house.

E como são escolhidos os objetos que são colocados na caixa? Produtos que cheiram e sabem a Portugal, alguns clássicos, produtos que as pessoas já nem se lembram que existem. Massa de pimentão, Nestum, o jogo do rapa, arroz para o arroz doce, bolachas Maria, chá de cidreira, rebuçados da Régua, piões, pudim Boca Doce, sardinhas em lata, chupa-chupas.

«Enviamos não só produtos alimentares tipicamente portugueses, mas também artesanato, uma forma de dar a conhecer a quem está fora novas empresas e artesãos. Privilegiamos as empresas portuguesas, mas não deixamos de enviar outros produtos se forem representativos de Portugal».

Leia mais aqui.