De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Colunistas

Regresso ao passado no Facebook

Todos os dias quando entro no Facebook desconfio que efectivamente se transformou numa câmara de eco e devia por tal ser confortável.

Mas tenho a sensação de que está cada vez mais pequena, a diminuir e, ao contrário, a tornar-se desconfortável.

Esta sensação só pode vir porque houve uma altura em que a dimensão do escopo era muito interessante e, como não sou daquelas pessoas que acha que os receptores são desprovidos de neurónios e totalmente manipuláveis (nenhuns o são durante muito tempo), o visionamento das possibilidades, opiniões e perspectivas diversas enriquecia.

Mortito, digo. Ou estou paranóica (levemente) ou o lugar do zuca anda a roubar-nos o escopo ou, ainda mais, o pessoal demitiu-se disto.

Uma sensação de passado.