De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Papa e Merkel de acordo no combate à pobreza e ao terrorismo

O Papa recebeu este sábado no Vaticano a chanceler alemã, Angela Merkel, para a terceira audiência privada entre ambos no atual pontificado, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

“Foi ressaltada a necessidade de se dedicar especial atenção à responsabilidade da comunidade internacional para combater a pobreza e a fome, a ameaça global do terrorismo e as mudanças climáticas”, assinala a nota oficial divulgada após o encontro.

Merkel foi recebida também pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, acompanhado por D. Paul Richard Gallagher, secretário do Vaticano para as Relações com os Estados.

“Durante os cordiais colóquios foram destacadas as boas relações e a frutuosa colaboração entre a Santa Sé e a Alemanha como também as questões de interesse comum , com particular atenção para a próxima reunião do G20, em Hamburgo”, divulga a Santa Sé.

O comunicado deixa uma “lembrança especial” para o trabalho do ex-chanceler federal Helmut Kohl, falecido esta sexta-feira e à “sua incansável obra em favor da reunificação da Alemanha e da unidade da Europa”.

O Papa já tinha endereçado uma mensagem a Angela Merkel por ocasião do falecimento de Kohl, “grande homem de Estado e europeu convicto”, elogiando o seu empenho “em favor da paz e da reconciliação”.

Este foi o quinto encontro entre Francisco e Merkel, que este no Vaticano no dia do início solene do pontificado, a 19 de março de 2013; além de duas audiências privadas, a 18 de maio do mesmo ano e no dia 21 de fevereiro de 2015, a chanceler alemã encontrou-se com o Papa quando este recebeu líderes europeus e responsáveis do Prémio Carlos Magno, que lhe foi outorgado a 6 de maio de 2016 e no dia 24 de março de 2017, para a audiência aos líderes da União Europeia por ocasião dos 60 anos do Tratado de Roma.

Segundo o portal de notícias da Santa Sé, ‘news.va‘, a chanceler alemã permaneceu no Vaticano durante cerca de uma hora e meia, tendo visitado o Campo Santo Teutónico, dentro do pequeno Estado, onde surge um centro cultural alemão dedicado ao Papa emérito Bento XVI.