De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Portugal

Marcelo congratula-se com escolha de Lisboa para Capital Verde Europeia em 2020

O Presidente da República congratulou-se esta sexta-feira com a escolha de Lisboa para Capital Verde Europeia, em 2020, afirmando que será “uma excelente oportunidade” para se adotarem medidas que promovam a proteção ambiental.

Numa mensagem colocada no ‘site’ da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa refere que “será uma excelente oportunidade para continuar a promover a sensibilização e a adoção de medidas que promovam a proteção ambiental, no quadro de grandes desafios contemporâneos como a resposta às alterações climáticas e a sustentabilidade ambiental das cidades, bem como um reconhecimento do trabalho feito até aqui”.

A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou na quinta-feira o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

Segundo a Comissão Europeia, este prémio é atribuído anualmente com o objetivo de reconhecer os esforços das cidades com um plano para se tornarem amigas do ambiente e que envolvam a sua população na sustentabilidade ambiental, social e económica.

Além do título, Lisboa recebe um incentivo financeiro de 350 mil euros da Comissão Europeia para avançar com o seu ano de capital verde.

O chefe de Estado lembra ainda outras cidades que já foram escolhidas como Estocolmo, Hamburgo ou Oslo, em 2019.

Lisboa levou a melhor sobre as outras cidades finalistas, Ghent (Bélgica) e Lahti (Finlândia), tendo o júri salientado que a cidade portuguesa iniciou a sua jornada rumo à sustentabilidade durante um período de crise económica e que pode ser “uma inspiração e um modelo para muitas cidades da União Europeia”, demonstrando que a sustentabilidade e o crescimento económico “andam de mãos dadas”.