De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Portugal

Grupo francês lançou primeira pedra de projeto turístico no Carvalhal

O grupo francês Terrésens lançou esta quinta-feira a primeira pedra do novo projeto turístico La Réserve, na aldeia do Carvalhal, que representa um investimento global de 30 milhões de euros e que deverá estar concluído em 2020.

“O projeto La Réserve prevê a construção de apartamentos turísticos e casas de aldeia que poderão custar entre 200 e 250 mil euros, consoante as tipologias”, disse à agência Lusa Juliette Jouvel, representante do grupo Terrésens, que marcou presença na cerimónia de lançamento da primeira pedra realizada hoje na aldeia do Carvalhal, concelho de Grândola.

“Tem havido um interesse cada vez maior dos franceses em Portugal não só pelo clima mas também pelas caraterísticas de algumas zonas do país como a Comporta. Surgiu a oportunidade de comprar um terreno e avançámos com este projeto”, acrescentou Juliette Jouvel, adiantando ainda que, neste dia em que se procedeu ao lançamento simbólico da primeira pedra, o grupo já tem “60% de reservas”.

Segundo o arquiteto João Resende, do gabinete de arquitetura Living Comporta, que elaborou o projeto do novo `resort´ do Carvalhal, “houve a preocupação de conseguir um equilíbrio entre o programa turístico e residencial” e de construir uma “aldeia calma junto a uma zona de pinhal com cerca de 60 anos”.

O `resort´ La Réserve, com capacidade para um total de cerca de 500 pessoas, será administrado pela My Second Home, subsidiária local do grupo francês e deverá dar emprego a cerca de 30 funcionários.

O grupo francês Terrésens refere ainda que o novo `resort´, com piscina, spa, mini-mercado, restaurante e bar, campos de jogos e clube de crianças, será “um refúgio de eleição na Comporta” e terá uma forte dinâmica social e impacto na economia e comércio da região.