De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Festival de Cannes premeia filme japonês

O 71º Festival Internacional de Cannes chegou ao fim, com o anúncio dos vencedores e a exibição do filme de encerramento, “The Man Who Killed Don Quixote”, uma coprodução portuguesa, rodada em grande parte em Tomar.

A cerimónia foi marcada por discursos potentes, como o da atriz Asia Argento, exigindo justiça por uma violação de que terá sido vítima por parte de Harvey Weinstein; assim como da libanesa Nadine Labaki, relembrando que muitos atores de “Capharnaum” são refugiados e sem-abrigo, e que permanecem em situação de miséria após a filmagem.

O júri presidido por Cate Blanchett decidiu entregar a Palma de Ouro, prémio máximo do festival, a “Shoplifters”, um drama japonês sobre uma família que pratica roubos a lojas e supermercados.

O grande prémio do júri, ficou com “BlacKkKlansman” de Spike Lee, comédia sobre as tensões raciais quanto um policial negro se infiltra na Ku Klux Klan. Já o prémio do júri (considerado o terceiro lugar) foi entregue a “Capharnaum”, drama libanês sobre um miúdo pobre que abandona a família e tenta sobreviver nas ruas.

Este é o palmarés:

Palma de Ouro: Shoplifters, de Hirokazu Kore-eda (na foto acima)
Grande prêmio do Júri: BlacKkKlansman, de Spike Lee
Prémio do Júri: Capharnaum, de Nadine Labaki
Melhor direção: Pawel Pawlikowski (Cold War)
Melhor roteiro: Alice Rohrwacher (Lazzaro Felice) e Jafar Panahi e Nader Saeivar (3 Faces)
Melhor atriz: Samal Yeslyamova (Ayka)
Melhor ator: Marcello Fonte (Dogman)
Prémio especial: Jean-Luc Godard (The Image Book)

Camera D’Or (melhor filme de estreia): Girl, de Lukas Dhont
Melhor curta-metragem: All These Creatures, de Charles Williams, com menção especial para On the Border, de Wei Shujun.