De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Lifestyle

Fernando Tordo premiado pela Sociedade Portuguesa de Autores

O Prémio Pedro Osório, da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) é entregue a Fernando Tordo pelo disco “Outro Canto” (2016), na próxima quinta-feira.

Fonte da SPA referiu-se a Fernando Tordo, de 68 anos, como um “destacado autor, marcante da vida cultural e artística portuguesas”.

No álbum “Outro Canto”, gravado no Brasil, “o autor-intérprete passa uma parte do seu tempo compondo e atuando”, assinala a cooperativa de autores.

Fernando Tordo venceu em 1973 o Festival RTP da Canção com “A Tourada”, uma letra de José Carlos Ary dos Santos, um dos autores que mais gravou e de quem foi amigo.

Do poeta, Tordo musicou, entre outras, as canções “Estrela da Tarde”, “Lisboa Menina e Moça”, “Cavalo à Solta”, “Balada para os Nossos Filhos”, “O Amigo que eu Canto”, “Meu Corpo” e “Novo Fado Alegre”.

O cantor, fazendo parte do coletivo Amigos, voltou a vencer o Festival RTP, em 1977, com “Portugal no Coração”, canção que representou as cores nacionais no Festival da Eurovisão realizado na Haia.

Em 2003, o Presidente da República Jorge Sampaio condecorou Fernando Tordo com a Ordem de Mérito (grau comendador).

Fernando Tordo começou a cantar e tocar aos 16 anos, tendo passado por bandas como os Delton e os Sheiks.

O seu primeiro álbum, “Tocata”, surgiu em 1972, com arranjos e direcção de orquestra de Dennis Farnon.

O álbum inclui os temas “Tocata”, “Dentro da Manhã”, “Canto No Deserto”, “Virgens Que Passais”, “Canto Franciscano”, “Cavalo à Solta”, que concorreu ao Festival RTP de 1971, “Amor Vivo”, “Aconteceu Na Primavera”, “Vou Inventar Uma Flor” e “Sangue Das Palavras”.